Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Meio Ambiente

Acesse informações técnicas sobre a gestão ambiental na atividade agropecuária em Minas Gerais.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe

Treinamento Agro para cadeia cafeeira em Varginha

PARCERIA COM O BANCO DO BRASIL
ESCRITO POR GISELE NISHIYAMA, DE VARGINHA
28/10/2022 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR

A parceria entre Sistema Faemg e Banco do Brasil promoveu mais uma edição do Circuito de Treinamento Agro, desta vez em Varginha, para produtores de café. O encontro foi realizado no auditório da Minasul e trabalhou os temas Gestão na Cafeicultura e Linhas de Crédito.

O gerente regional do Sistema Faemg em Varginha, Caio Oliveira, ministrou a palestra sobre gestão, na qual deu sugestões para que o produtor veja sua propriedade como uma empresa: “Por vezes temos dificuldades em buscar mão-de-obra, ver as possíveis soluções, fazermos um planejamento. Para tanto, é preciso prover os insumos, ter uma assistência de qualidade na lavoura, saber prover as máquinas, equipamentos, gerir as equipes e ter um bom plano de monitoramento”, aconselhou.

Caio Oliveira falando aos participantes

Os participantes compartilharam justamente os gargalos que enfrentam nessa área. José Ivan Borges é cafeicultor em Monsenhor Paulo e atendido pelo Programa ATeG Café+Forte. Ele conta que foi por meio do Programa Gestão com Qualidade em Campo (GQC) que resolveu vários problemas na fazenda. “Estava com muitas dificuldades relacionadas à mão-de-obra para produção de café de montanha e problemas de colheita. O instrutor foi à propriedade, fez todos os cálculos e me sugeriu comprar uma máquina para colher. Foi um ótimo investimento. A assistência do Sistema Faemg e treinamentos como o de hoje abrem a nossa cabeça”, disse.

De acordo com o produtor de café Maicon de Souza, o Senar “salvou a sua fazenda”. “Só tenho a agradecer! Estávamos quase quebrados, mas com a chegada do técnico de campo do ATeG, 90% das lavouras foram renovadas, comprei os implementos necessários e salvamos o nosso negócio”, afirmou.

“Os conteúdos abordados podem contribuir para que o produtor, que tem o conhecimento da porteira para dentro, também consiga atuar com maior rentabilidade da porteira para fora”, disse o técnico de campo do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), Peterson Franklin Coelho Neves.

Diego Berti, do Banco do Brasil

Investimentos e custos

Para o mobilizador do Sindicato dos Produtores Rurais de Varginha, Diego Cauvilla, o momento foi importante para que os produtores pudessem receber informações, principalmente com relação ao cuidado com o solo. “A palestra foi fundamental para nos mostrar alternativas para a diminuição de aplicação de defensivos nas lavouras e diminuir o custo de produção. Sabemos que existe em nossos solos grandes riquezas que proporcionam alimento à planta, além de insetos que combatem pragas e nos ajudam”.

O assessor de Agronegócios do Banco do Brasil, Diego Berti, afirma que o evento também foi fundamental para apresentar linhas de crédito e investimentos. “Desta forma, o produtor rural conseguirá planejar novos investimentos, implementar tecnologias, trabalhar com novas lavouras cafeeiras e conseguir ter capital de giro para custear suas despesas e, assim, ter receita durante o ano”.