Conheça o INAES

O INAES (Instituto Antonio Ernesto de Salvo) é uma associação civil sem fins lucrativos, dedicada ao desenvolvimento, pesquisa e inovação de sistemas produtivos. Atua em parceria com instituições públicas e privadas para fomentar a evolução das cadeias do agronegócio.

Projetos Estudos e Publicações
Editais

Pesquise todos os editais emitidos pelo SISTEMA FAEMG (FAEMG, SENAR, INAES e Sindicatos).

Compartilhe

Membership Bayer: programa de inovação

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
ESCRITO POR POR MARINA SALLES, AGTECH GARAGE
19/10/2021 . INAES

Trilhar o caminho da inovação aberta no agronegócio de mãos dadas com quem é referência no assunto é uma facilidade que as cooperativas e distribuidores de insumos agrícolas clientes da Bayer têm. 

Sabrina Calixto, gerente de estratégia de cooperativas da Bayer no Brasil

Criado em 2019, o Programa Membership Bayer, coordenado pelo AgTech Garage, é voltado exclusivamente aos parceiros da empresa e vem crescendo de forma consistente. Entre os participantes da iniciativa estão gigantes de peso como a cooperativa C. Vale, Cotrijal, Integrada, Alfa, Cocari, além da rede de distribuição de insumos Safra Rica.

O programa, que tem todo o suporte do AgTech Garage, visa dar as ferramentas para que o contato das cooperativas e revendas aconteça de forma estruturada com o ecossistema de inovação  — que congrega de startups a professores, pesquisadores e demais agentes do universo do empreendedorismo.

O calendário de ações inclui encontros com especialistas do hub, eventos e apresentações de startups, além do acompanhamento dos resultados dos projetos. Dentro das cooperativas, times multidisciplinares lideram a iniciativa. 

Quer saber como trazer sua cooperativa para perto do AgTech Garage? Sabrina Calixto, gerente de estratégia de cooperativas da Bayer no Brasil, dá todos os detalhes de como fazer parte da comunidade do Membership Bayer nessa entrevista para o AgTech Garage News:

AgTech Garage News: Por que a Bayer decidiu investir em um programa voltado para a inovação em cooperativas junto com o AgTech Garage?

Sabrina Calixto: A Bayer é uma empresa que acredita muito no cooperativismo, responsável por levar informação, tecnologia e soluções para os agricultores independentemente do seu tamanho. Com o Membership Bayer, nossa proposta é ajudar a implementar projetos de inovação que agreguem ainda mais valor à atuação das cooperativas, que têm uma capilaridade impressionante, o que faz delas um canal essencial para levar tecnologia até a ponta, e são referência para os produtores. Hoje, 50% do PIB agrícola brasileiro passa pelas cooperativas e em torno de ¼ do que gira o mercado de insumos no país.

Atenta a esses fatores, a Bayer fez uma pesquisa para entender de que forma poderíamos levar inovação para as cooperativas indo além da capacitação tradicional, que a indústria sempre proporcionou. É muito comum no setor financiar MBAs, cursos, treinamentos e viagens para os times das cooperativas, mas o que identificamos foi uma dificuldade grande de implementar no dia a dia os aprendizados adquiridos nesses momentos, ainda que eles tivessem muito valor.  A alternativa foi criar um programa personalizado, porque embora tenham a mesma diretriz, as cooperativas têm perfis muito diferentes. Assim nasceu o Membership Bayer, que tem o AgTech Garage como parceiro por conta da densidade em torno do hub, que já envolve a indústria, startups e também o produtor rural.

AgTech Garage News: Existe um perfil de cooperativa mais disposta a inovar?

Sabrina Calixto: Eu digo que não há perfil para as cooperativas inovarem. A inovação é para todas, das mais modernas e com público mais jovem àquelas bem tradicionais. A inovação precisa desembarcar na fazenda, seja para tornar tudo mais simples ou para entregar mais informação e gerar melhores tomadas de decisão. Temos que parar com aquele mito de que inovação só se aplica a projetos grandes.

Na implementação dessa jornada, a gente procura dentro da cooperativa pessoas engajadas com a visão de futuro da empresa, sejam elas da área comercial ou de supply chain, e que possam se dedicar aos projetos. Não precisa ser um especialista em inovação ou ter conhecimento prévio na área para fazer parte do Membership Bayer, mas a cooperativa precisa, sim, ter um time com tempo e vontade de aprender e fazer acontecer.

A agenda montada pelo AgTech Garage facilita todo o processo, com um calendário de reuniões de acompanhamento e apresentação das startups, o famoso pitch. Além de estar presente nas reuniões e manter contato com o hub, é papel dessa equipe de dentro da cooperativa definir quais agricultores podem interagir com as startups e outros agentes do ecossistema de inovação para co-criar ou testar novas soluções.

AgTech Garage News: Como as cooperativas podem participar do programa Membership Bayer?

Sabrina Calixto:Todas as cooperativas que se relacionam com a Bayer têm acesso ao Investimento Bayer para o Desenvolvimento de Parceiros, o já conhecido IBDP, e um dos itens que elas podem resgatar é a participação no Membership Bayer. Esse resgate é anual pelo Impulso Bayer, na Orbia, e garante a execução do projeto por 12 meses.

AgTech Garage News: Qual tem sido o retorno das cooperativas sobre o programa?

Sabrina Calixto:Todas as cooperativas que participaram do Membership Bayer até hoje sempre renovaram, e a cada dia estamos tendo mais e mais interessadas, o que é resultado de recomendações entre elas mesmas. “Resgata você também, porque para mim tem valor e está auxiliando nas minhas dores”, é esse o recado que tem sido passado.
A decisão de fazer o resgate e participar do programa é inteiramente das cooperativas e a gente, do lado de cá, tem estimulado que elas façam parte dessa rede. Um bom momento para tomar essa decisão é durante as discussões do Plano Estratégico da Cooperativa, em que são colocadas na mesa suas metas.

AgTech Garage News: Quais os principais desafios que você identifica dentro das cooperativas?

Sabrina Calixto: O agronegócio como um todo está passando por uma forte transformação digital e com as cooperativas não é diferente. Hoje vemos muitas delas montando e-commerces, se juntando para formar marketplaces e também otimizando seus sistemas, agilizando processos de folha de pagamento e buscando reduzir custos dentro das fábricas. A questão é que elas fazem tudo isso com bastante cautela, e não à toa estão a séculos em franca ascensão.

O Membership Bayer é uma grande pedra fundamental para as cooperativas investirem em inovação, com ações conectadas com o agricultor e as startups, para trazer a possibilidade de co-criação entre eles. O produtor está interessado nisso, ele quer ver uma nova tecnologia funcionando num dia de campo, quer plantar com novos insumos, testar novos modelos de negócio e participar do processo de co-criação com o empreendedor. Quando a gente faz isso junto com ele, a chance de sucesso é muito maior.

Hoje o Membership Bayer faz parte do Bayer Coopera+, que reúne todos os programas da empresa voltados para cooperativas, e que tem três eixos: Legado, Transformação e Experts. No pilar Legado, a gente coloca a nossa alta liderança e as lideranças das cooperativas para conversar e traçar estratégias conjuntas. No caso da Transformação, a ideia é transformar a teoria em prática, e aí entra o AgTech Garage e o Life Hub, da Bayer, dando suporte para as cooperativas implementarem suas ações de inovação. O Experts, por fim, é nossa linha de apoio técnico, que traz em primeira mão novas soluções da Bayer para os especialistas das cooperativas e os coloca em contato com os decisores da empresa, além de professores e pesquisadores da Academia, para discutir as soluções para os desafios que eles encontram no campo.

AgTech Garage News: A inovação chegou para ficar nas cooperativas?

Sabrina Calixto: Com certeza. A palavra-chave nas cooperativas é credibilidade, a gente vê muitas mudanças no mercado e o sistema cooperativista sempre muito sólido. Essa relação entre a cooperativa e o cooperado vem de gerações, com os avós, pais e agora filhos de produtores, e com a inovação esse relacionamento histórico está se renovando.