Conheça o SENAR

O SENAR MINAS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional de Minas Gerais) é responsável pela capacitação profissional e promoção social do produtor, do trabalhador rural e seus familiares.

Cursos

O SENAR MINAS oferece mais de 300 cursos nas áreas de Formação Profissional Rural e Promoção Social, gratuitos e voltados para capacitação e qualidade de vida do produtor e trabalhador rural e suas famílias.

Instrutor Mobilizador Licitações
Compartilhe

Sistema FAEMG Notícias - 19 de outubro

INFORMATIVO
ESCRITO POR ASCOM
19/10/2021 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, FAEMG

?

 

ROBERTO SIMÕES É HOMENAGEADO PELA SECRETARIA DA AGRICULTURA

O presidente do Sistema FAEMG/SENAR/INAES/Sindicatos, Roberto Simões, foi homenageado na solenidade dos 130 anos da SEAPA – Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Ele recebeu do governador Romeu Zema e da secretária Ana Valentini a placa que marca a sua contribuição  para o desenvolvimento da agropecuária de Minas Gerais.

Leia mais aqui

 

CÔNSUL CANADENSE VISITA O SISTEMA FAEMG

O Canadá está de olho no agronegócio mineiro. Hoje, o cônsul geral do país, David Verbiwski, visitou a sede do Sistema FAEMG, acompanhado da cônsul comercial, Marie-Hélène Béland; e do adido comercial, Franz Brandenberger. Eles foram recebidos pelo vice-presidente de Secretaria, Rodrigo Alvim; pelo superintendente Técnico, Altino Rodrigues; e pela superintendente do INAES, Silvana Novais; que apresentaram o Sistema e as potencialidades da agropecuária de Minas Gerais.

Estou muito contente com a possibilidade de cooperação entre o Sistema FAEMG e o Canadá, no futuro. Esperamos poder cooperar com tecnologias que ajudem a alcançar as metas de desenvolvimento sustentável.”
David Verbiwski, cônsul geral do Canadá

 

Veja depoimento:

 

ABC+ E 1,1 BI DE TONELADAS DE CARBONO A MENOS

Com a ousada meta de reduzir a emissão de carbono equivalente em 1,1 bilhão de toneladas no setor agropecuário foi lançado, ontem, o Plano Setorial de Adaptação e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária, chamado de ABC+, para o período de 2020 – 2030. A meta é sete vezes maior do que o Plano ABC definiu em sua primeira etapa na década passada. Em área, o ABC+ tem como meta atingir com tecnologias de produção sustentável 72,68 milhões de hectares (pouco mais do que duas vezes o tamanho do Reino Unido); ampliar o tratamento de 208,4 milhões de metros³ de resíduos animais e abater 5 milhões de cabeças de gado em terminação intensiva, de acordo com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). 
“Temos uma das mais ambiciosas políticas públicas da agropecuária do mudo, que traça metas ousadas para aprimorar a sustentabilidade da produção brasileira ao longo da próxima década e manter o agro na vanguarda dos esforços de enfrentamento da mudança do clima.”
Tereza Cristina, ministra da Agricultura, no lançamento do ABC+

“A ministra ainda destacou a valorização da abordagem integrada da paisagem, considerando-se a bacia hidrográfica e as relações produtivas que ocorrem nos espaços, estabelecendo caminhos para aumento da sustentabilidade e da resiliência das atividades. Ela lembrou que devem ser consideradas, ainda, as adaptações frente à vulnerabilidade do agro às mudanças climáticas.”
Ana Paula Mello, gerente de Meio Ambiente do Sistema FAEMG/SENAR/INAES

Saiba mais aqui

DESAFIOS NA AFERIÇÃO DA “PEGADA” DE CARBONO

A busca por modelos de cálculo para aferir a "pegada" de carbono de empresas, de forma mais acessível, tendo em vista os altíssimos custos da metodologia atual foi considerada um desafio para as empresas, hoje, durante reunião do Conselho de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CEMA FIEMG). A ponderação foi feita pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), Flávio Roscoe. A participação do estado na COP 26 também esteve entre as discussões.”

"No agro também temos esse desafio de mensuração, tendo em vista quase 1 milhão de imóveis rurais em Minas, inviabilizando aferição por propriedade. No entanto, as contribuições positivas do conjunto desses imóveis são muito significativas, e o agro, com o ABC+, com o uso de energias renováveis e, agora, com a oportunidade do hidrogênio verde que vem aí, é uma potência brasileira que será mostrada na COP 26, em Glasgow.”
Ana Paula Mello, gerente de Meio Ambiente do Sistema FAEMG/SENAR/INAES
 

NR 31 – TUDO SOBRE O TRABALHO NO CAMPO

Na Live sobre a NR 31, promovida, hoje, pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES, a advogada Mariana Maia destacou as principais mudanças que entrarão em vigência no próximo dia 27. A Live teve a participação de 55 representantes de sindicatos de produtores rurais mineiros. Informações sobre o tema estão disponíveis em 15 informes jurídicos disponibilizados no site do Sistema FAEMG.