Compartilhe

Sistema FAEMG na Aproxima

OPORTUNIDADE
ESCRITO POR CRISTIANE MENDONÇA, ASCOM
09/08/2022 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, INAES, FAEMG
Seis marcas de produtores rurais capacitados pelo Sistema FAEMG participaram da Aproxima - Imagem: Divulgação

Quem passou pela feirinha Aproxima, em Belo Horizonte, no último sábado (6/8), não se arrependeu: o dia estava ensolarado e as opções de comidas e bebidas muito saborosas.

O projeto é realizado um sábado por mês, em diferentes lugares da capital, e tem como objetivo mostrar o potencial gastronômico de Minas Gerais.

Seis marcas de produtores rurais capacitados pelo Sistema FAEMG participaram da Aproxima (Café Raiz, Chèvremón, Filtre, Frutipeu, Queijo Juá e Serranegra Doces) e ofereceram nas suas barracas iogurtes, sucos, pés-de-moleque, cafés, geleias e queijos de cabra. Juntos, eles venderam quase R$ 10 mil e escoaram cerca de 70% do que levaram.

Denise Souza e Elder Menezes, donos da Frutipeu, em Pompéu, saíram satisfeitos da feira. Antes mesmo que o evento acabasse, eles já tinham vendido 95% dos iogurtes e sucos que haviam levado. “Já participei de outras feirinhas, mas essa foi a melhor na questão do aprendizado, de conhecer mercados que eu ainda não conhecia e de fechar negócios. Fiz contato com dois empórios para vender meus produtos e voltamos de lá com várias ideias. Estamos muito animados com as feiras!”, compartilhou Elder. Denise também reforça como o apoio do Sistema FAEMG é importante. “Desde que conheci os cursos do SENAR, minha vida mudou! Fiz vários e aprendi muitas coisas.”, disse animada.

Denise e o marido Elder, proprietários da Frutipeu: “Voltamos da feira com várias ideias para os negócios”  - Imagem: Divulgação

O produtor Cássio Fonseca Costa, proprietário do Queijo Juá em Alvorada de Minas, destaca o quanto a participação em feiras ajuda na divulgação do seu produto. Ele, que divide o tempo entre a roça e a cidade, conta que em uma semana produz e na outra vem entregar os produtos em BH. “É uma feira muito boa, ideal para os produtos! A gente consegue atingir o consumidor final e os empórios. E aproveito para distribuir meu cartão e fazer contato. Para atender o consumidor final é ideal, e depois vou entregando. Quantas feiras tiver, eu pretendo participar.”, avalia.

Cássio Fonseca Costa, proprietário do Queijo Juá: “Nas feiras, negocio com o consumidor final e com os empórios”  - Imagem: Divulgação

A parceria com o projeto Aproxima e o Sistema FAEMG é mais uma forma de valorizar os produtores rurais capacitados pela entidade. O gerente executivo técnico, Bruno Rocha de Melo, avalia que “nosso produtor é um especialista na sua atividade, e com o apoio do Sistema FAEMG já vem aprimorando sua produção com os cursos e assistência técnica. Mas é fundamental que possamos auxiliá-lo também com outras iniciativas, como é o caso da comercialização. Vender bem seu produto é o que trará sustentabilidade financeira ao seu negócio, premiando toda uma jornada de dedicação e empenho dele e de seus familiares.”