Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Meio Ambiente

Acesse informações técnicas sobre a gestão ambiental na atividade agropecuária em Minas Gerais.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe

Tecnologia e sustentabilidade são temas de painel em São Paulo

SUSTENTABILIDADE
ESCRITO POR WESLEY VIEIRA, ASCOM
01/12/2022 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, INAES, FAEMG
O debate no painel Tecnologia e sustentabilidade: o produtor do futuro

Apresentando uma série de painéis e palestras voltadas para tendências globais, começou nesta quinta (1º/12), a 3ª edição do Corporate Venture Summit: We Build the Future, considerado o maior evento de inovação corporativa do Brasil com foco na conexão de profissionais, empresas, startups, investidores e universidades por meio de novos negócios.

O evento, realizado em São Paulo, contou com a participação do superintendente do Senar Minas e diretor técnico do Sistema Faemg Senar, Christiano Nascif, como um dos convidados do painel Tecnologia e sustentabilidade: o produtor do futuro, que, entre outras assuntos, destacou a importância da sustentabilidade e o papel das startups no agronegócio.

“As startups são as melhores maneiras para se fazer extensão rural hoje, pois elas fazem a ligação entre a tecnologia pronta e o produtor. Mas também devemos levar em conta a importância do técnico que presta assistência, fazendo esta ponte em uma relação que deve ser baseada na confiança. Aumentar a produção e a produtividade é relativamente fácil, porém fazer o produtor ganhar dinheiro de forma sustentável é extremamente difícil”, avaliou o superintendente, durante o painel.

O superintendente do Senar Minas e diretor técnico do Sistema Faemg Senar, Christiano Nascif

Nascif também destacou a importância da agricultura rentável. “É uma tendência de grandes produtores em pequenas áreas, porque, quando se fala em uma agricultura regenerativa e sustentável, ambientalmente, estamos falando de uma agricultura rentável. Quando aumenta a produtividade, você reduz a utilização de água, solo e animais para produzir a mesma quantidade ou até mais para alimentar o mundo. Portanto, a forma que o produtor vai utilizar a tecnologia depende da solução que ela vai direcionar sobre essas vertentes que falamos”.

O gerente de arrecadação do Sistema Faemg Senar, Adriano Cunha, participou do evento e falou a sua percepção sobre o debate. “Essas inovações tecnológicas devem inserir os pequenos e médios produtores rurais. Quando se fala em tecnologia no agro, todos pensam em grandes indústrias e deixam o pequeno e médio produtor de fora do atendimento. Mas esses produtores podem e devem ter esse acesso ampliado, inclusive porque são eles que mais precisam de soluções, uma vez que o grande faz a busca sozinho e o pequeno precisa de startups. É aí que entram cases de sucesso como a Clicampo junto aos pequenos produtores”.

Tecnologia e dinamismo

O CEO da Novoagro Ventures, Leo Dias, também foi um dos convidados do painel, ao lado de Nascif, e pontuou que o produtor do futuro precisa ser inovador, estar conectado e aberto ao aprendizado, já que a tecnologia dispõe de dinamismo.

“A transformação que a tecnologia faz no campo é um caminho sem volta, então o produtor do futuro tem que se desenvolver e aprender com tudo que está acontecendo. Ele também precisa estar aberto às novas soluções e engajado em seu setor, trabalhando de maneira orgânica com outros produtores, para que, juntos, tenham resultados nas compras coletivas e na busca de soluções. Ele também precisa tomar as suas decisões em cima de dados. Porém, tudo isso só será possível com sustentabilidade. Não se pode mais falar em agronegócio sem pensar no meio ambiente, no social e na economia”, analisou Dias.

Para o CEO da Clicampo, Victor Campos, é preciso haver uma troca de informações entre produtores e startups, já que todos têm muito a aprender. “O acesso ao produtor pensando em informação é muito difícil, então ter um parceiro que chega até ele é muito importante. Mas, ainda mais importante, é a validação e a confiança construídas mutualmente entre Sistema Faemg Senar e Clicampo, além dos sindicatos rurais e o Novoagro, para que a gente se valide dentro das comunidades. A validação com o técnico faz uma diferença muito grande. Então, tudo isso é motor para o nosso crescimento futuro”.

Sobre o evento

O Corporate Venture Summit vai até amanhã, sexta (2/12), no Ancham em São Paulo, apresentando as principais tendências do mercado de inovação corporativa em nível global por meio de painéis e palestras com especialistas.