Conheça o SENAR

O SENAR MINAS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional de Minas Gerais) é responsável pela capacitação profissional e promoção social do produtor, do trabalhador rural e seus familiares.

Cursos

O SENAR MINAS oferece mais de 300 cursos nas áreas de Formação Profissional Rural e Promoção Social, gratuitos e voltados para capacitação e qualidade de vida do produtor e trabalhador rural e suas famílias.

Instrutor Mobilizador Licitações
Compartilhe

Instituições levantam demandas e soluções para o Norte de MG

DESENVOLVIMENTO
ESCRITO POR RICARDO GUIMARÃES, DE MONTES CLAROS
07/12/2021 . SINDICATOS, SENAR, FAEMG

O gerente regional do Sistema FAEMG/SENAR/INAES/SINDICATOS em Montes Claros, Dirceu Martins, representou a instituição em reunião que levantou demandas para o desenvolvimento do Norte de Minas Gerais. O encontro, que reuniu lideranças empresariais e representantes de várias entidades de classe e associações, foi conduzido pelo novo diretor-geral do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), Carlos Alexandre Gonçalves da Silva. 

Entre os temas, debateu-se sobre construções de novas barragens para captação e retenção de água como solução para os problemas de abastecimento e escassez. Outro ponto de destaque foi a revisão de leis que impactam setores da economia, como o agronegócio. Nesse sentido, os presentes destacaram os efeitos da Resolução Conjunta SEMAD/IEF nº 3.102, de 26/10/2021, que definiu a documentação e os estudos técnicos necessários para a autorização de intervenções ambientais em propriedades.

Dirceu Martins enfatizou o trabalho do Sistema FAEMG/SENAR/INAES/SINDICATOS junto aos produtores, com promoção de capacitações e programas de assistência técnica e gerencial, e lembrou ainda que a união de esforços faz toda a diferença para que este potencial regional siga em crescimento. “No Norte de Minas, a mola propulsora da nossa economia é o agronegócio. Atuamos em 75 municípios, nas diversas cadeias produtivas, e todas com grande potencial. A vida do produtor não gira se não tiver proteção ao meio ambiente. Somos defensores, mas é preciso rever questões ambientais para ajudar o produtor a seguir produzindo”.

Para o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Montes Claros e integrante da presidência da FAEMG, José Avelino Pereira Neto, o encontro foi oportuno para colocar novamente em foco as necessidades da região. “Temos demandas e sugestões para os grandes problemas da região, mas está faltando a participação do governo do estado junto às entidades e à população. Precisamos acabar com a indústria da seca, que vem distribuir ao norte-mineiro caixa d’água e cano, mas ele não tem água para colocar nesta caixa. O que a gente quer mostrar é que, onde tem água, tem vida e tem soluções. O Norte de Minas tem que ser uma região desenvolvida, como as outras do estado”. 

Atuação

“A Gerência de Meio Ambiente do Sistema FAEMG/SENAR/INAES/SINDICATOS defendeu, recentemente, no XXIV Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, a necessidade de planejamento estratégico do Governo de Minas para alocação de reservatórios de usos múltiplos da água e demais obras de infraestrutura hídrica, bem como, em nível de propriedade rural, estimular a construção de açudes para irrigação e outros usos, trabalhando também as práticas de conservação de solo e água para promover o aumento da infiltração”, destacou o gerente de Meio Ambiente, Ana Paula Mello.

Sobre a Resolução Conjunta SEMAD/IEF nº 3.102, de 26/10/2021, o Sistema FAEMG/SENAR/INAES/SINDICATOS está em tratativas com o setor produtivo e com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. “Visamos a uma solução que possa atender à realidade dos produtores rurais, com foco no desenvolvimento rural sustentável”.

Desenvolvimento

Com abrangência em 258 municípios, a maioria com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) baixo nas regiões Norte, Nordeste e Vale do Rio Doce, o objetivo do Idene é se aproximar das demandas e da realidade de cada região para buscar ações resolutivas e contribuir para o avanço de projetos. “Ao invés de trabalhar passivamente, vamos provocar também algumas ações. O Idene precisa de mais braços, e as entidades são fundamentais para a gente conseguir melhorar a qualidade de vida da população, com mais emprego e renda. Essas entidades e seus representantes são conhecedores das causas e necessidades para o desenvolvimento”, destacou o diretor-geral do Idene.

Estiveram também presentes na reunião representantes da Sociedade Rural de Montes Claros, Câmara de Dirigentes Lojistas, Sebrae, Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Montes Claros, Agência de Desenvolvimento Sustentável do Norte de Minas, Maçonaria, Fundação de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e Inovação do Norte de Minas, além do prefeito de Itacambira, Geraldo Moisés de Souza, e o deputado estadual Carlos Pimenta.