Conheça o SENAR

O SENAR MINAS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional de Minas Gerais) é responsável pela capacitação profissional e promoção social do produtor, do trabalhador rural e seus familiares.

Cursos

O SENAR MINAS oferece mais de 300 cursos nas áreas de Formação Profissional Rural e Promoção Social, gratuitos e voltados para capacitação e qualidade de vida do produtor e trabalhador rural e suas famílias.

Instrutor Mobilizador Licitações
Compartilhe

Dia de Campo em Baependi

DIA DE CAMPO
ESCRITO POR FLÁVIO CHRISTO
03/10/2022 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, FAEMG

Foi realizado em Baependi, no último sábado (1/10), o Dia de Campo do Programa de Assistência Técnica e Gerencial ATeG Café+Forte, que reuniu cerca de 200 pessoas entre produtores e trabalhadores rurais de diversos municípios da região. O evento contou com uma oficina de torra e cafés especiais, palestras sobre manejo de pragas, doenças e podas. Abordou também o comércio de cafés com classificação acima de 80 pontos e uma demonstração de aplicação de defensivo agrícola com drone. 

Baependi foi reconhecida como Indicação Geográfica (IG) em 2011, na modalidade Indicação de Procedência (IP), pela sua tradição e reputação mundial em produzir cafés especiais com um perfil sensorial altamente diferenciado. Desde 2019, o Sistema Faemg desenvolve o programa ATeG Café+Forte no município. A primeira turma foi em 2019 e a segunda neste ano. Ainda há a previsão de iniciar mais uma, totalizando atendimento a 90 cafeicultores.

O 1º vice-presidente de finanças do Sistema Faemg, Renato Laguardia, reforçou que esta é mais uma atitude que vem ao encontro do lema da atual gestão, que deve priorizar mais o interior do estado. "Muito importante a presença do Sistema Faemg nesse evento, que gerou muita expectativa. A organização foi muito boa, fizemos diversas parcerias. É uma grande ação que vem efetivar a participação do Sistema junto às entidades do interior", afirmou.

Da esquerda para direita: Sirlei Silvério, presidente do Sindicato Rural de Baependi; Caio Oliveira, gerente regional de Varginha; Renato Laguardia, vice-presidente de Finanças do Sistema Faemg; Wander Magalhães, gerente regional de Juiz de Fora; Lúcio Flávio, instrutor do Senar e Douglas Staduto Souza, prefeito de Baependi.

Wander Magalhães, gerente regional do Sistema Faemg em Juiz de Fora, ressaltou o aprendizado que os participantes adquiriram com o Dia de Campo. "É um evento que vem agregar uma série de informações relacionadas à tecnologia utilizada nos grupos de ATeG. Apresentamos alguns resultados sobre o manejo integrado de pragas e a comercialização principalmente dos cafés especiais. Isso é muito bom para o produtor, não apenas pelo aumento do faturamento, mas na melhoria da qualidade dos grãos ofertados. Baependi tem sido importante nos dois últimos Cuppings do Programa ATeG. Os principais prêmios têm saído para o município, porque os produtores têm se empenhado na aplicação das técnicas recomendadas pelos técnicos de campo do programa", afirmou.

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Baependi, Sirlei Silvério, disse que vem conseguindo demonstrar ao produtor a importância de se sindicalizar. Neste ano, por exemplo, o sindicato aumentou de 75 para mais de 250 o número de associados. “Eventos como esse ajudam na promoção da imagem da instituição para a região. Tivemos a felicidade de fazer o Dia de Campo do ATeG Café+Forte com presença marcante de público. É um dia muito importante para nós! Agradecemos a parceria com o Sistema Faemg, que sempre nos ajuda para alcançar bons resultados como os que temos conquistado”.

Mais de 200 pessoas participaram do evento
Produtores rurais de diversos municípios da região estiveram presentes no Dia de Campo em Baependi. Reginaldo Rossi Miguel, de Olímpio Noronha, falou sobre o aprendizado no evento e como vai implantar em sua plantação. “Ali é uma grande troca de experiências, todo mundo acaba aprendendo alguma coisa nova. Eu descobri que devo ter mais cuidado com a poda e sobre a hora certa de fazer ou esqueletar a planta”, contou. 

Durante o Dia de Campo, os produtores acompanharam uma demonstração de aplicação de defensivo agrícola com drone

Já José Aparecido Antônio, de Carmo de Minas, afirmou que a oportunidade de atualização é essencial para continuar competitivo no mercado. “A gente aqui produzia um café de alta qualidade, mas nem sempre conseguia repetir essa produção. Alguns cafés especiais saiam quase por acidente. Com os diversos cursos que o Sistema Faemg oferece para a gente na região, o ATeG e agora esse grande evento, nós aprendemos a como produzir cafés especiais, produtos acima de 85 pontos em análise sensorial”, contou. Ele ressaltou também a utilização de drones para pulverização em áreas de difícil acesso. “Às vezes, plantamos em grotas onde o pulverizador não chega. Com essa tecnologia é mais fácil, econômica e segura, já que diminui ainda mais o contato humano com os produtos”.