Conheça o SENAR

O SENAR MINAS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional de Minas Gerais) é responsável pela capacitação profissional e promoção social do produtor, do trabalhador rural e seus familiares.

Cursos

O SENAR MINAS oferece mais de 300 cursos nas áreas de Formação Profissional Rural e Promoção Social, gratuitos e voltados para capacitação e qualidade de vida do produtor e trabalhador rural e suas famílias.

Instrutor Mobilizador Licitações Transparência e Prestação de Contas Centro Exc. Cafeicultura
Compartilhe


Cafeicultor supera desafios com associativismo e ATeG

CASO DE SUCESSO
ESCRITO POR JOÃO PEDRO BERNARDES, DE PASSOS
01/04/2024 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR

Na jornada de Romário Ferreira, cada xícara de café conta uma história de perseverança e superação. Ao lado de sua esposa, Danila, e sua filha, Maria Clara, Romário enfrentou tempos difíceis em sua plantação de café no sítio Remanso, em Monte Belo.

Romário e família em divulgação de sua marca de café, a Veroo

Os desafios climáticos foram implacáveis, devastando suas lavouras e colocando em xeque o futuro de sua propriedade. Determinado a não se render às adversidades, Romário uniu forças com outros produtores locais e fundou a Associação de Produtores de Cafés Especiais de Monte Belo (APCEMB). Juntos, buscaram apoio e soluções, encontrando no Sistema Faemg Senar um aliado fundamental.

"Montamos a APCEMB em 2019 e logo em seguida veio uma geada devastadora em 2021", lembra Romário. "Foi aí que buscamos o auxílio do Sistema Faemg e participamos dos cursos oferecidos. Foi essencial para aprendermos novas práticas e nos fortalecermos como grupo". A turma também é atendida pelo Programa de Assistência Técnica e Gerencial – ATeG Café+Forte e está fechando o segundo ano – a iniciativa veio por intermédio do sindicato de Monte Belo em parceria com a APCMEB.

Romário e a esposa na lavoura

União que faz a força

Com todo esse suporte, Romário recebeu orientação especializada do técnico de campo Paulo Otávio Miranda. Especialista em cafés especiais e detentor do título de Q-Grader, Paulo desempenhou um papel crucial na implementação de novas técnicas de manejo e no aprimoramento da qualidade do produto. Sob a orientação dele, Romário participou de concursos de cafés especiais, conquistando reconhecimento e prestígio na comunidade. Já no primeiro ano, Romário ficou em terceiro lugar no concurso da APCMEB e em primeiro lugar no da EMATER. Já no segundo ano, ficou em primeiro lugar no concurso da associação.

Em 2023, seu café atraiu compradores com um prêmio significativo sobre o valor comercial padrão, impulsionando não apenas a rentabilidade da propriedade, mas também o interesse em cafés especiais de qualidade. "A união foi essencial. Juntos, começamos a separar os talhões e aprimorar nossas técnicas de produção. Foi assim que conquistamos nosso primeiro lugar e realizamos nossa primeira venda de cafés especiais, com 30% a mais do valor do mercado", conta Romário, com orgulho.

Prêmios conquistados pelo produtor

O técnico Paulo Otávio Miranda ressalta a importância da assistência técnica e do acompanhamento oferecido aos produtores. "Fico satisfeito em ver o progresso e a dedicação do Romário e dos produtores da APCMEB. O apoio técnico e as oportunidades de aprendizado proporcionadas têm sido fundamentais para impulsionar o desenvolvimento dessa comunidade".

Com o fortalecimento da associação e a orientação técnica especializada, Romário viu sua propriedade florescer novamente. A participação ativa na APCMEB proporcionou não apenas soluções práticas, mas também um senso de comunidade e apoio mútuo entre os produtores.

Cursos ajudaram Romário e os produtores da associação a aprimorar seus grãos

Perseverança para transformar

“É muito prazeroso ver a evolução do grupo de produtores de Monte Belo e, em especial, o produtor Romário, que tem alcançado tantas conquistas. Uma das coisas que ficou clara quando visitei sua propriedade é a confiança que o produtor tem demonstrado no Programa ATeG e, em especial, no técnico Paulo Otávio, que de forma simples vem conseguindo mudar realidades, quebrar paradigmas e trazer bons resultados para os produtores atendidos,” disse Rodrigo Dias, supervisor do ATeG.

A história de Romário dos Santos Ferreira é um testemunho de como a perseverança, a busca pela excelência e o apoio da comunidade podem transformar uma propriedade rural. “Sua jornada de sucesso destaca o potencial da produção de cafés especiais como uma oportunidade de revitalização e crescimento para os produtores rurais”, avaliou o gerente regional do Sistema Faemg Senar em Passos, Rogger Coelho.

Romário com seus pés de café

"Agradeço imensamente ao Sistema Faemg Senar, em especial ao Paulo Otávio, ao Rogger Coelho, ao José Edilson e ao Sindicato dos Produtores Rurais de Monte Belo e à APCEMB por me ajudarem nessa jornada. Hoje, sabemos o custo de produção e temos acesso a técnicas que antes pareciam inalcançáveis", agradeceu Romário.