Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe


Protagonismo no agro durante exposição de Oliveira

MULHERES E JOVENS NO AGRO
ESCRITO POR KAROLINE SABINO, DE VARGINHA
25/05/2024 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, FAEMG

O Sistema Faemg Senar participou ativamente da 34ª Exposição Agropecuária e Industrial de Oliveira, promovida pelo Sindicato Rural de Oliveira. Nesta sexta-feira (24), a gerente da Mulher, do Jovem e de Inovação do Sistema Faemg Senar, Silvana Novais, conduziu o encontro “Mulheres no Agro” para um grupo de 20 mulheres. O encontro abordou o tema "Sistema Faemg e a Atuação Feminina no Agro Mineiro", destacando o protagonismo da mulher e a crescente participação feminina no setor.

O resultado foi um sucesso: durante o encontro, as participantes já formaram um núcleo de mulheres em Oliveira. Em sua apresentação, Silvana destacou o crescimento significativo no número de mulheres liderando propriedades rurais, ressaltando que a busca contínua por educação e qualificação tem sido um grande diferencial. Em 2006, muitas mulheres no campo eram analfabetas, mas, hoje, esse número caiu drasticamente.

“Empreender não significa necessariamente abrir um grande comércio. Quando uma mulher transforma o leite em queijo ou mói e torra seu próprio café para venda, ela está empreendendo dentro da propriedade e agregando valor ao seu produto”, contou. Para a gerente, cada uma tem um potencial enorme para impactar positivamente a família com o que sabe fazer de melhor.

Algumas participantes também compartilharam suas histórias e experiências no agronegócio. Gabriela Pierazoli foi uma delas, destacando a presença feminina no setor e os desafios enfrentados. “Desde o início, senti falta de apoio e da união de mais mulheres envolvidas para ganhar força e ter voz ativa no campo. Para mim, estes encontros são motivadores, porque mostram que mulheres unidas são mais fortes,” explicou Gabriela.

Construindo o agro do futuro

No sábado (25), Silvana também conduziu o encontro “Jovens no Campo”, que reuniu 35 jovens durante a exposição. O evento trouxe o tema “Construindo o Futuro do Agro” e incluiu uma roda de conversa com os participantes. Silvana explicou que o objetivo do encontro é desenvolver esses jovens e mostrar a diversidade de profissões no setor agropecuário, destacando o potencial do Brasil nesse segmento.

“Também trabalhamos a sucessão familiar, muitos jovens têm a oportunidade de continuar o trabalho dos pais na propriedade, mas alguns ainda não enxergam isso como uma opção de futuro. Esta conversa é para mostrar a eles o que é o agronegócio e que existe apoio disponível para seu desenvolvimento”, explicou.

Uma das jovens participantes foi Luíza Lima Gaio, de 22 anos. Durante a infância, Luíza passou boa parte do tempo na fazenda do avô, mas na adolescência perdeu o contato com o ambiente rural. Somente após iniciar o curso de Medicina Veterinária ela voltou a se reconectar com o agronegócio. “Este encontro é uma oportunidade para não perdermos a conexão com o campo, para entendermos nosso papel, as vantagens que temos e a importância e apoio do Sistema Faemg Senar e do Sindicato Rural,” explicou Luíza.

}