Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe


‘Minas Grita pelo Leite!’ é destaque em todo o Brasil

NA IMPRENSA
ESCRITO POR ASCOM, DE BELO HORIZONTE
21/03/2024 . SISTEMA FAEMG, FAEMG

Movimento liderado pela Faemg foi noticiado pelos principais veículos de comunicação do país

 

O movimento “Minas Grita pelo Leite!”, liderado pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), foi noticiado pelos principais veículos de imprensa do país, entre jornais impressos, portais, rádios e televisão. Eles relataram a importância da causa e a grandiosidade do evento realizado na última segunda-feira (18/3), no Expominas, em Belo Horizonte, reunindo mais de 7 mil produtores rurais e 80 lideranças dos poderes legislativo e executivo. A ação da Faemg teve o objetivo de reivindicar o fim das importações de leite em pó do Mercosul e exigir medidas emergenciais para salvaguardar o segmento leiteiro de Minas Gerais e do Brasil.

O jornal Valor Econômico cobriu o movimento presencialmente e deu diversos enfoques em suas publicações, ouvindo produtores rurais impactados e autoridades. Foram mais de sete notícias, abrangendo também a revista Globo Rural e suas redes sociais, com um reels que alcançou quase 3 mil visualizações. Entre as manchetes, “'Minas grita pelo leite': produtores pedem socorro ao governo” e “Produtores mineiros querem barrar importação de leite em pó do Mercosul”.

A rádio CBN Brasil contou com a participação, ao vivo, do presidente Antônio de Salvo, que deu um panorama da situação enfrentada pelos pecuaristas. O conteúdo foi reproduzido no portal do veículo e podcast. A rádio Jovem Pan nacional também noticiou o movimento para outros estados brasileiros, além do conteúdo ter entrado em forma de vídeo no Jornal da Manhã, na televisão, Youtube e em formato escrito, na coluna da jornalista Kellen Severo.

Isto É Dinheiro, Estadão e Folha de S. Paulo também deram visibilidade ao movimento da Faemg e à medida adotada pelo Governo de Minas de cortar o incentivo fiscal de importadores de leite em pó. Esses veículos mostraram a situação em Minas e a fala do presidente Antônio de Salvo sobre o risco de desabastecimento nacional.

Na Folha de S. Paulo, por exemplo, as aspas do presidente destacaram: “O governo de Minas teve a sensibilidade de fazer a parte dele. E estamos aqui tentando sensibilizar o governo federal para enxergar o tamanho do problema. São 220 mil produtores de leite em Minas. No Brasil inteiro, 1,1 milhão. Se continuar assim, certamente teremos desabastecimento muito em breve". O veículo também mencionou que “dez empresas do estado importaram leite em pó em 2023. Em 2024, o número é de seis, até agora”.

A mobilização da Faemg também foi destaque em canais especializados em agro, como Canal Rural e Agro Mais e também em jornais da Argentina e do Uruguai. 

Para todo o estado

Levando a voz dos milhares de produtores rurais mineiros e brasileiros para todo o estado, os principais veículos de Minas Gerais abordaram o tema. Dentre eles, estão O Tempo, Estado de Minas, Diário do Comércio, Hoje Em Dia, Rede Globo do Norte e Leste de Minas, TV Record Minas, Band Minas, Rede Minas, TV Assembleia, Rádio Band News, Rádio Itatiaia e Rádio 98FM.

N’O Tempo, o assunto saiu em dez conteúdos em formatos variados: capa do jornal impresso, rádio, portal e podcast, mostrando como a Faemg mobilizou mais de 7 mil produtores rurais e apoiadores para pressionar o governo federal para suspender as importações, além de explicar a crise do leite no país.

O Estado de Minas, em seu jornal e portal, o Diário do Comércio e o Hoje em Dia noticiaram que os produtores de leite mineiros se uniram para cobrar ações do governo federal e que o governo estadual anunciou medida para “proteger” a produção leiteira no estado.

Na rádio Itatiaia, foram diversas inserções ao longo da programação e no portal do veículo. Entre as manchetes ‘Produtores de leite organizam o maior ‘pedido de socorro’ da história da classe no estado’, ‘Valor do litro de leite não compra um copo de água mineral diz produtor’ e ‘Sete mil produtores rurais gritam no Expominas pelo fim da importação de leite em pó. Entenda’.

A Rádio Band News FM fez a cobertura in loco, assim como a TV Band Minas, TV Record Minas, Rede Minas, TV Assembleia. Na Band, o presidente deu entrevista por duas vezes após o evento, que repercutiram no Jornal Band Minas e no Boa Tarde Minas. A Rede Globo do Norte e Leste de Minas (InterTV) fez entradas ao vivo e soltou matéria completa no MGTV.

Rádios, jornais e revistas do interior de todo o estado também falaram sobre o assunto.

 

}