Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe


Mantiqueira de Minas é o melhor queijo do Festival

FESTIVAL DO QUEIJO ARTESANAL DE MINAS
ESCRITO POR JANAINA ROCHIDO, DE BELO HORIZONTE
15/06/2024 . SISTEMA FAEMG, FAEMG

O último dia do Festival do Queijo Artesanal de Minas também elegeu o melhor queijo do evento por votação popular. O grande vencedor deste ano foi a região da Mantiqueira de Minas. 

O presidente da Associação dos Produtores de Queijo Artesanal Mantiqueira de Minas (Apromam), Henrique Maranata, recebeu o certificado das mãos do presidente da Comissão Técnica de Queijo Artesanal do Sistema Faemg Senar, Frank Barroso, e do analista de Agronegócio do Sebrae-MG, Ricardo Boscaro. A coordenadora do Programa de Assistência Técnica e Gerencial - ATeG Agroindústria do Sistema Faemg Senar, a analista técnica Paula Lobato, anunciou o vencedor.

Região foi representada pelo presidente da Associação dos Produtores de Queijo Artesanal Mantiqueira de Minas (Apromam), Henrique Maranata (de boné) - Reprodução/Instagram

De acordo com o consultor e especialista em queijos, Elmer Almeida, a degustação é feita às cegas, com um queijo participante de cada região produtora – no total, 13 amostras participaram da seleção.

Cada região produtora participante cede uma amostra de queijo e eles são colocados à disposição do público, que vota nos seus favoritos em um totem no festival. “O objetivo é prestigiar a região produtora, que recebe um certificado de vencedor ao final”, explica Elmer.

Visitantes fizeram fila para degustar os queijos e votar no melhor do festival

O consultor conta que participa do festival desde o primeiro e diz que, a cada ano, o padrão de apresentação, a segurança sanitária, a melhoria na qualidade e diversificação dos queijos melhora bastante. “A melhor maneira de prestigiar o queijo é organizando esses festivais. É uma iniciativa muito boa de trazer o produtor para cada vez mais perto do público.

Estande da região vencedora lotou após o anúncio da premiação

Toda essa atividade do festival reflete em ganhos positivos para a cadeia dos queijos na opinião de Elmer, que adianta que o evento do ano que vem trará outros tipos de queijos, como o cabacinha e o requeijão moreno. “Uma das coisas mais importantes é que o festival proporciona ao visitante entender melhor os queijos de Minas, suas diferenças de sabores, onde são produzidos, especialmente por se tratar de algo que é patrimônio da humanidade”, conclui.

}