Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe


Mais de 1500 lideranças unidas para fortalecer o setor

AGRO EM AÇÃO
ESCRITO POR FERNANDA TEIXEIRA, DE BELO HORIZONTE; JOSIANE MOREIRA, DE SETE LAGOAS
24/05/2024 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, FAEMG

Último dos cinco encontros do Agro em Ação ocorreu em Curvelo e reforçou aos participantes a imagem positiva da agropecuária mineira

Curvelo, na região Central de Minas Gerais, sediou a última edição do Agro em Ação. A iniciativa da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) tem como objetivo promover o diálogo e a construção de estratégias para fortalecer a representatividade política e o posicionamento do setor agropecuário mineiro. Ao todo, cerca de 1500 lideranças, entre presidentes de sindicatos, produtores rurais e autoridades, participaram dos encontros, que passaram por Rio Pomba, Machado, Monte Carmelo e Teófilo Otoni. Somente em Curvelo, cerca de 300 pessoas estiveram presentes.

As fotos estão disponíveis neste link

O presidente da Faemg, Antônio de Salvo, abriu o evento apresentando os resultados da pesquisa feita pela Quaest Consultoria para identificar como a população de Minas Gerais enxerga o setor. “Vamos nos posicionar para que os nossos representantes políticos nos municípios tenham ainda mais ciência da relevância da agropecuária e o quanto o setor é bem-visto e querido pelo povo mineiro”, disse. Ele fez, ainda, um balanço dos cinco encontros realizados pelo estado.

“Foi um sucesso. Grande parte dos presidentes de sindicatos estiveram presentes, não somente aqui em Curvelo, mas em todos os outros quatro eventos. Pudemos mostrar a importância do sindicato rural e da diretoria, inclusive para as lideranças locais. Vamos continuar fazendo o nosso trabalho juntos e unidos em prol da agropecuária do nosso Estado”, destacou.

Para o consultor da Faemg, Geraldo Melo Filho, o Agro em Ação foi uma oportunidade para trazer os sindicatos de todas as regiões de Minas, uniformizar os discursos e o pensamento em relação ao futuro do setor. “A iniciativa, que se concretiza, hoje, neste último evento em Curvelo, mostra que o agro tem rumo e está disposto a se mover no sentido do progresso de quem é pecuarista e agricultor no estado de Minas Gerais”.

A partir da esquerda: Rodrigo Ferreira (no púlpito), Ebinho Bernardes, Antônio de Salvo, Renato Laguardia e Geraldo Melo Filho

Representatividade

O evento contou com a presença de toda a diretoria, colaboradores da Faemg e autoridades, como a presidente da Associação Mineira dos Criadores de Zebu (AMCZ), Juliana Maldini Penna, e o comandante do 42º Batalhão da PMMG, Mauro Lúcio Siqueira Júnior.

Na avaliação do vice-presidente de Finanças, Renato Laguardia, os eventos do Agro em Ação foram muito satisfatórios e contaram com ampla participação dos produtores rurais. “Pudemos falar sobre os resultados positivos da pesquisa de imagem do setor feita pela Faemg, sobre as políticas públicas classistas e temas relevantes”.

O vice-presidente secretário, Ebinho Bernardes, se disse muito satisfeito em poder dialogar com os produtores rurais, presidentes de sindicatos e lideranças. “Queremos mostrar aos nossos representantes políticos nos municípios as pautas que são importantes para nós, para que eles possam olhar para o segmento respeitando e reconhecendo o papel do produtor rural”.

Também estiveram presentes o assessor especial da diretoria, Antônio Álvares (Toninho de Pompéu); o superintendente de Relacionamento, Francisco Simões; o superintendente Administrativo e Financeiro, Adriano Cunha; o superintendente do Senar Minas, Celso Furtado Jr.; o chefe de Gabinete, Silas Canêdo; e o gerente regional em Sete Lagoas, Rodrigo Ferreira.

A partir da esquerda: Toninho de Pompéu, Ebinho Bernardes, Renato Laguardia, Antônio de Salvo e Thiago Álvares Guimarães

União e diálogo

O produtor rural e presidente do sindicato de Curvelo, Thiago Álvares Guimarães, acredita que ter um evento que explica como os presidentes de sindicatos podem se comportar diante do cenário político, atuar em sua base e apoiar candidatos que futuramente vão pleitear as demandas do setor, é algo muito relevante. “Isso une a nossa classe e traz muita informação”.

Para o presidente do SPR de Januária, Astério Itabayana Neto, a Faemg está buscando integrar os produtores. “Fazemos parte do setor que é o principal motor da economia, que preserva um terço do território nacional e coloca comida na mesa dos brasileiros. Mas ainda assim, estávamos desorganizados e desunidos. Esse evento é justamente para organizar o produtor rural e promover a união”.

“Mais um evento organizado pela Faemg, dentro da máxima ‘mais interior, menos BH’, trazendo para nós, representantes dos produtores rurais, a nossa importância, o nosso trabalho, e a importância do agronegócio para Minas e para o Brasil”, opinou o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Abaeté, Constantino Dias Neto.

}