Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Dias
0 0 0
Horas
0 0
Minutos
0 0
Segundos
0 0
Compartilhe


CCS Agro discute a importância da validação do CAR

CCS AGRO
ESCRITO POR IZAMARA ARCANJO, DE BELO HORIZONTE
21/08/2023 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, FAEMG

Em encontro realizado na sede do Sistema Faemg Senar, os membros do Conselho Consultivo ainda abordaram a situação hídrica na bacia do rio Verde Grande e o prazo de um ano para regularização

Representantes das cadeias produtivas do agronegócio em Minas participaram na última quinta-feira (17/8) da 7ª Reunião do Comitê Consultivo de Sustentabilidade do Agro Mineiro (CCS Agro), na sede do Sistema Faemg Senar, em Belo Horizonte. Um dos pontos altos da reunião foi a participação do Instituto Estadual de Florestas (IEF) que apresentou o panorama atual do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Estado e estratégias para sua análise.  

Minas Gerais têm mais de 1 milhão de cadastros e um percentual de menos de 1% desses foram validados pelo órgão ambiental. A validação do CAR ocorre após a análise, com o seu aceite do produtor rural ou a efetivação dos ajustes necessários solicitados pelo órgão.  “Nesse sentido os membros que integram o CCS Agro foram alertados sobre a importância de levar informação ao produtor rural para manter seu cadastro atualizado, e ter acesso à Central do Proprietário/Possuidor do SICAR a fim de atender às notificações do órgão ambiental quando o seu CAR for analisado”, explicou a gerente de Sustentabilidade do Sistema Faemg Senar, Mariana Ramos. 

A assessora de Sustentabilidade Ana Paula Mello frisou que é importante que o produtor acesse o portal do CAR, e verifique se há pendências no cadastro, inclusive no e-mail de contato, pois o CAR analisado e com pendências fica suspenso. “Caso o produtor não atenda à notificação do órgão ambiental no prazo, que hoje é de 60 dias, a suspensão de seu CAR leva a impedimentos, como o acesso ao crédito rural”, citou.

Programa de Regularização Ambiental 

Outro ponto abordado durante o encontro foi o Programa de Regularização Ambiental (PRA). A adesão ao PRA é uma opção apenas no caso de CARs feitos até 31 de dezembro de 2023, para propriedades acima de 4 módulos fiscais, e 31 de dezembro de 2025, para propriedades de até 4 módulos fiscais. “Trata-se de uma nova oportunidade para aqueles produtores que optaram por não aderir em um primeiro momento. É importante destacar que o PRA traz benefícios de recomposições diferenciadas para áreas de preservação permanente, Reserva Legal e de uso restrito”, avalia a gerente Mariana Ramos 

Outro tema importante discutido e apresentado ao longo da reunião foi a regularização do uso de água subterrânea na bacia do rio Verde Grande (Norte de Minas), e os próximos passos que serão adotados após a publicação da Portaria Igam 33. O Igam também apresentou, junto com o Grupo de Trabalho de Recursos Hídricos do CCS Agro, as negociações e encaminhamentos junto ao Ministério Público, sobre os piscinões. 

Ainda foram tratados assuntos relevantes, de origem nacional e internacional, capazes de impactar as atividades rurais, tais como as metas da conferência da ONU sobre biodiversidade, e o índice de desempenho ambiental para renovação de licença e de outorga (IDAL).

O CCS Agro é composto por presidentes de instituições representativas de cadeias produtivas do agronegócio, visando fortalecer o setor e desenvolver estratégias únicas para gerar ações, soluções e segurança jurídica, com sustentabilidade para o agro mineiro.