Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Dias
0 0 0
Horas
0 0
Minutos
0 0
Segundos
0 0
Compartilhe


Cadeias produtivas alinhadas em pautas de sustentabilidade

CCS AGRO
ESCRITO POR NATHALIE GUIMARÃES, DE BELO HORIZONTE
02/02/2023 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, INAES, FAEMG

Integrantes do Comitê Consultivo de Sustentabilidade do Agro Mineiro (CCS Agro) reuniram-se para a 3ª Reunião Ordinária, na sede do Sistema Faemg Senar, nesta quarta-feira (1/2). Um dos destaques foi a participação on-line de representantes do Instituto Estadual de Florestas (IEF), que sanaram dúvidas do comitê sobre procedimentos e estudos relativos à Resolução Conjunta Semad/IEF 3.162/22, que alterou a 3.102/21.

Houve um robusto trabalho de articulação por parte do Sistema Faemg Senar para a adequação da legislação, em parceria com o CCS Agro. A participação do IEF para tirar dúvidas e ouvir contribuições sobre a resolução mostra como a união das instituições que formam o comitê fortalece os pleitos.

“Contamos, mais uma vez, com o apoio do órgão ambiental para esclarecer dúvidas e facilitar o diálogo com o setor para melhoria do ambiente regulatório e dos processos em busca do desenvolvimento sustentável”, comentou a gerente de Sustentabilidade do Sistema Faemg Senar, Mariana Ramos.

Entre os temas discutidos, também estiveram na pauta o regimento interno e a definição de assuntos prioritários para 2023, além da consolidação das contribuições e entendimentos do setor, visando contribuir com a consulta pública do Plano Estadual de Ação Climática de Minas gerais (Plac), aberta até 16 de fevereiro.

“Temos a expectativa de apoiar o estado em pautas que impulsionem a nossa diversificada e sustentável agropecuária mineira, como força motriz da segurança alimentar e do desenvolvimento de uma economia verde e de baixo carbono”, explicou a assessora de Sustentabilidade do Sistema, Ana Paula Mello.

Também participaram do encontro a equipe da Gerência de Sustentabilidade; o gerente executivo técnico, Bruno Rocha; o presidente da Asprocem, Inácio Lins; o presidente da Aspronorte, Igor Pimenta; e representantes da Abanorte, Amif, Aprosoja, Asemg, Asprocem, Aspronorte, Avimig, Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Irriganor, Ocemg, Seapa e Siamig.

Relacionamento Institucional e Governamental

O CCS Agro é presidido pelo Sistema Faemg Senar, e tem caráter político e técnico, tendo sido criado a partir da demanda de algumas instituições em encontro com o governo estadual com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios frente às pautas ligadas à sustentabilidade.

O presidente do Sistema Faemg Senar e do CCS Agro, Antônio de Salvo, destacou a importância da união e do alinhamento de todas as instituições para continuar garantindo a segurança alimentar e energética para Minas e o Brasil.

“Tenho a convicção de que, se nos posicionarmos juntos, trabalhando de forma planejada e competente, avançaremos mais do que antes nas pautas existentes e nas que poderão surgir. Precisamos de um estreitamento com nossos deputados e, já pensando nisso, criamos o Projeto de Relacionamento Institucional e Governamental (RIG) para termos acesso mais fluido e ágil a essas instituições”.

Da esquerda para a direita: Renato Laguardia, Antônio de Salvo e Ebinho Bernardes

O vice-presidente de Finanças do Sistema, Renato Laguardia, reforçou a mensagem de integração. “Se concentrarmos as nossas solicitações, teremos mais robustez e um olhar diferenciado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e na Câmara. Coletivamente, com o CCS Agro, teremos mais êxito”.

“Com esse trabalho de articulação do RIG, vamos nos aproximar e dialogar. É mais presença e força, subsidiando o trabalho do Legislativo e Executivo”, acrescentou o vice-presidente de Secretaria do Sistema, Ebinho Bernardes.

O superintendente de Relações Institucionais, Altino Rodrigues, ressaltou que já estão previstas ações dentro do RIG: o já realizado Café Parlamentar, reunião com a bancada nacional, seminário na ALMG sobre o agronegócio, pesquisas e convênios com foco social.