Conheça o SENAR

O SENAR MINAS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional de Minas Gerais) é responsável pela capacitação profissional e promoção social do produtor, do trabalhador rural e seus familiares.

Cursos

O SENAR MINAS oferece mais de 300 cursos nas áreas de Formação Profissional Rural e Promoção Social, gratuitos e voltados para capacitação e qualidade de vida do produtor e trabalhador rural e suas famílias.

Instrutor Mobilizador Licitações
Compartilhe

Casal de Brumadinho abre as portas do sítio para visitantes

TURISMO RURAL
ESCRITO POR JOSIANE MOREIRA, DE SETE LAGOAS
08/08/2022 . SISTEMA FAEMG, SENAR

Em Brumadinho, Larleane Júnia Morais e Gustavo Morais Dias abriram as portas do Sítio Fotossíntese para o turismo de experiência. Atualmente, essa é a principal fonte de renda do casal, além da comercialização de hortaliças, estruturada durante dois anos de    assistência técnica e gerencial do projeto SuperAção Brumadinho. Uma horta externa com temperos tradicionais, comida de verdade servida na varanda com direito a imersão no mundo das abelhas sem ferrão (meliponicultura), pomar, mais de 40 espécies de árvores nativas, como os famosos ipês amarelo, roxo, verde e branco, são o cenário perfeito para que os visitantes possam vivenciar o estilo de vida de quem mora no campo.

O casal Gustavo e Larleane

A mistura perfeita de acolhimento, natureza e culinária afetiva chamam a atenção na programação, dividida em três categorias de visita e em quatro horas de duração: o “Mussá com a gente”, o “Café com a gente” ou a visita pedagógica. Nesta última, o foco são escolas e universidades. Tudo começa com um passeio livre, onde todo o sítio é apresentado, incluindo as plantas nativas, as verduras convencionais, as plantas aromáticas e medicinais e, também, as PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais), como peixinho da horta, cará moela, capuchinha, entre outras espécies. "Conversamos sobre a importância do meliponário na polinização da flora e manutenção de todo o nosso ecossistema”.

Para as refeições servidas aos turistas, verduras e sucos vêm direto do quintal, com alimentos da prática agroecológica. “A mensagem que deixamos é que é possível pensar em sustentabilidade”, explicou. “Ao final, eles vão embora com informações e reflexões importantes de que podemos viver melhor dependendo de nossas atitudes, a começar por ações simples como captar a água da chuva para molhar a horta, aproveitar as folhas e a poda da grama na compostagem e enriquecer os canteiros depois com os nutrientes de origem do próprio sítio”.

A base da alimentação oferecida no programa é da agroecologia

Sobre a iniciativa, Learleane, ou Nina, como é conhecida, explicou que o marido sempre esteve à frente de ações de fomento ao turismo e que o fortalecimento do turismo rural foi uma forma que encontraram de se livrarem da minero-dependência, ou dinâmica econômica local das empresas mineradoras. “Hoje, junto a um grupo, estamos nos inserindo do turismo de base comunitária”, revelou.

SuperAção Brumadinho

Diversificar a produção, transformar a paisagem, explorar o solo e o espaço com atividades que combinassem com o sítio e com o casal, sempre foram o maior sonho dos produtores. Por isso, eles consideram que participar do programa SuperAção Brumadinho foi muito importante para a organização da atividade. O que antes era mantido apenas para o sustento da família, prosperou mais do que imaginavam, em qualidade e renda. De 2020 para cá, o sítio passou por transformações que envolvem a raiz da agricultura familiar, preconizando sempre o respeito ao meio ambiente com adoção de práticas de cultivos sustentáveis.

Visitantes aproveitando o sítio

“Quando vemos fotos antigas e comparamos com as atuais, percebemos o quanto evoluímos. Hoje, temos certeza de que podemos fazer o sítio ser produtivo graças ao Sistema FAEMG e ao apoio da técnica de campo, Janaina Canaan”.

“O sítio que encontrei em março de 2020 que era apenas morada do casal, mas hoje é uma empresa rural com diversidade e vivências incríveis”, elogiou a técnica de campo. “Além disso, o alimentar com qualidade passou a ser oferecido a amigos, em forma de cestas, e a venda on-line por aplicativos de mensagens e redes sociais alcançou novos clientes e promoveu geração de renda. Quem adquire os produtos têm alimento de qualidade e ainda fortalece e motiva o casal de agricultores familiares na permanência da atividade”.

Capacitações

O produtor Gustavo na manutenção das abelhas nativas, no meliponário

Além do SuperAção Brumadinho, outras capacitações nos cursos de Formação Profissional Rural e Promoção Social do SENAR estão no currículo, aperfeiçoando as práticas no sítio. As principais são em Turismo Rural, Criação de abelhas sem ferrão, Carpinteiro/bambu e Derivados do leite.