Sistema FAEMG amplia distribuição de máscaras de proteção contra a Covid-19 no Sul de Minas

A segurança do produtor e do trabalhador rural está entre as principais preocupações do Sistema Faemg / Senar Minas. Para garantir a prevenção no campo, a entidade, em parceria com os sindicatos rurais de todo o estado, ampliou a confecção de máscaras de proteção e irá distribuir mais 30 mil materiais para produtores rurais contra a Covid-19.

Na primeira etapa da campanha foram fabricadas mais de 20 mil máscaras e a regional de Lavras distribuiu 2 mil em municípios do Sul de Minas. Na segunda fase serão entregues mais 3.500 peças para trabalhadores, produtores rurais e seus familiares. O material já começou a chegar nos sindicatos rurais, que estão fazendo a distribuição.

Como a região está em plena colheita do café, as máscaras de proteção vão auxiliar na prevenção no campo. “Estamos passando por um momento difícil com a pandemia do coronavírus; e o Sistema Faemg / Senar Minas junto ao sindicato vem nos ajudar na prevenção e no cuidado com saúde dos nossos trabalhadores rurais. Só temos que agradecer a iniciativa”, diz o responsável pela Saúde e Segurança na Fazenda Resfriado, no município de Lavras, Willian Henrique.

As máscaras de proteção estão sendo confeccionadas por instrutores do Senar Minas. No total serão entregues em Minas Gerais 50 mil equipamentos de proteção. Os materiais são distribuídos de graça, sem nenhum custo para o produtor rural.

Diego Cauvilla (à direita), presidente do Sindicato de Monsenhor Paulo, entrega máscara a produtor

Crescimento no campo

Além de preocupar com a saúde e a qualidade de vida do produtor, o Sistema Faemg /Senar Minas, junto ao INAES, tem desenvolvido outras ações nesse período de pandemia do coronavírus. Para que o produtor possa se manter informado e atualizado no campo, a entidade criou uma plataforma de educação a distância.

As inscrições para a primeira etapa já estão abertas. Foram disponibilizados mais de 60 vídeos em diversas áreas agrárias. As aulas são gratuitas, mas o produtor deve procurar o mobilizador local para ter acesso. Ao final do curso o aluno recebe um certificado.

No Sul de Minas a procura tem sido grande. Tem mobilizador da Regional de Lavras que dispõe de uma lista de espera.  Para se inscrever e obter informações de como funcionam os cursos, o interessado deve procurar o sindicato rural da sua cidade.