Jovem aponta a importância do Sistema FAEMG / SENAR MINAS na definição do seu negócio

“O Sistema Faemg / Senar Minas me trouxe de volta para Alagoa.” A frase é de Letícia de Abreu, nascida em São Lourenço, que passava as férias escolares em Alagoa, no sul de Minas Gerais.

Ela conta que nunca se interessou muito pelo estudo regular, mas sempre viu os cursos promovidos pelo Sistema Faemg / Senar Minas como uma saída para o que gostava e gosta de fazer. “Fiz diversos cursos, como Doma Racional, nas áreas de turismo rural, defumados e embutidos, geleias e compotas. Tudo o que sei foi aprendido por meio desses cursos.”

Em 2012, Letícia e seu companheiro Lilo se mudaram para Alagoa, onde alugaram um sítio e passaram a produzir cerveja artesanal. Hoje, o casal está à frente de uma pousada e prossegue na produção de chopp artesanal, repassando para eventos, vizinhos, hóspedes e comércio do município.

“A prática no meio rural, incentivada pelos cursos pelos quais passei, fez toda a diferença para que eu descobrisse qual caminho seguir”, destaca Letícia, que atua como guia, indicando e montando roteiros para os hóspedes de sua pousada.