Repasse em BH atualiza trabalho de instrutores do Programa Agente de Turismo Rural

Oito instrutores que atuam nos cursos e programas de Turismo Rural do Senar Minas reuniram-se esta semana na sede da entidade, em Belo Horizonte, para participar de um repasse técnico e metodológico das atividades, que se expandem cada vez mais na medida em que o interior de Minas se consolida como destino turístico para todos os gostos.

Segundo a analista técnica da Coordenadoria de Formação Profissional Rural (FPR) do Senar, Marília Saraiva, que conduziu as atividades durante os três dias, o repasse teve como objetivo padronizar os conteúdos do programa e nivelar o conhecimento de novos instrutores. “Baseado nas sugestões deles [instrutores], mexemos na estrutura de alguns módulos e criamos um módulo exclusivo de roteirização, uma demanda que surgiu dos participantes”, acrescentou a analista.

Ao centro, junto com os instrutores, o coordenador de FPR do Senar, Luiz Ronilson Paiva; Marília Saraiva é a penúltima à direita

Para a turismóloga Fernanda Silva, uma das instrutoras presentes, o repasse foi muito satisfatório, já que a prática no programa trouxe a necessidade de alterações. Ela acredita que o programa tende a crescer este ano, devido aos resultados positivos que tem apresentado. “As aulas trazem retorno para os egressos, que já começaram a trabalhar e promover o turismo rural em suas regiões. O programa tem demonstrado bastante efetividade”.

O superintendente do Senar Minas, Christiano Nascif (de azul, à esquerda da foto abaixo), também esteve com os instrutores. “Fui entender um pouco mais do trabalho, ouvir e atender as demandas, estudar fazer algumas inovações, aumentar a capilaridade do treinamento, e conversar sobre formas de levar o curso a mais pessoas”, disse.