até
quinta-feira, 15 de outubro de 2020
ATeG e Negócio Certo Rural: combinação de programas aprimora propriedade tradicional em Juatuba
Josiane Moreira, de Sete Lagoas

A indicação da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) para o produtor Marcelo Patrick Nola Pongiluppi, de Juatuba, chegou por um amigo que já conhecia a metodologia, no ano passado. E bem quando ele tinha ficado desempregado. De sobrenome italiano e com a história marcada pela imigração em um navio financiado pelo Governo para aumentar a população brasileira, ele lembra, com detalhes, como foi quando decidiu voltar para a antiga atividade da família: a olericultura. “O início foi muito difícil. Lembro dos problemas com escalonamento de plantas, plantio em consórcio e, principalmente, controle de pragas”. 

De acordo com Marcelo, depois da consultoria do Programa ATeG promovida pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES em parceria com Fundação Arthur Bernardes (Funarbe), de Florestal, muita coisa mudou. Neste ano, mesmo em tempos de pandemia e recessão em diversos setores, a produção dobrou com as entregas em domicílio e vendas via whatsapp. A mercadoria composta por couve, couve-flor, brócolis e vários outros legumes e verduras recebe os cuidados necessários e corretos para que o aumento na produção aconteça sem grandes prejuízos. 

O aluno explica que aprender a lidar com a análise de solo e água, além de entender sobre a certificação dos Produtos Sem Agrotóxicos (SAT) e sistemas de adubação, o que foi muito importante para a qualidade dos produtos. Sempre que acontece algo novo e que não tem domínio, ele recorre ao suporte da técnica de campo, Fernanda Almeida. “Tudo que eu tenho dúvida eu pergunto. A técnica mostra o que está certo ou errado”, disse Marcelo, destacando, também, sua inscrição no Programa Negócio Certo Rural e o aprendizado sobre planejamento, controle de produtos, caixa e gestão de preços.  

“O pessoal tem gostado muito de receber a mercadoria em casa e a cada semana é um cliente novo. Fizemos um cartão fidelidade porque os clientes querem continuar com esse formato de serviço após a pandemia. Tivemos que aumentar a produção para atender os pedidos”, contou o produtor, que é quarta geração na horta, mas o único que deu continuidade ao negócio rural da família. “A mensagem é persistência. Você vai errar por muitas vezes, mas não pode desistir. O que eu tenho aqui, na bagagem, é perseverança, tradição de família e esse conhecimento técnico que busquei como diferencial”.

Últimas notícias publicadas
23/10/2020 Programa FIP Paisagens Rurais começa atendimento a mais 800 produtores na Bacia do Rio Tijuco
23/10/2020 Mulheres do café do Sul de Minas buscam conhecimento na gestão comercial
23/10/2020 Sistema FAEMG promove live na 25ª FENICS sobre soluções tecnológicas para o agro
23/10/2020 Arteiras da Canastra conquistam clientes pelo Guia Virtual do Empório SENAR MINAS
23/10/2020 Conhecimento, apoio e empreendedorismo: conheça a Cafeteria Café do Sonho
23/10/2020 Simulados demonstram na prática técnicas de prevenção e combate a incêndios em canaviais
22/10/2020 Programa ATeG em Turmalina vai fortalecer fruticultura
21/10/2020 Produtores fazem sucesso com linguiças em Guaxupé
21/10/2020 Trabalhadores aprendem a combater formigas para proteger eucaliptos
21/10/2020 Rota turística Caminhos de São Tiago deve ser lançada ainda este ano
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br