até
segunda-feira, 3 de agosto de 2020
Curso de Turismo Rural faz produtora de Juiz de Fora ver fazenda com outros olhos
Aline Furtado, de Juiz de Fora

Com vários cursos oferecidos pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES no currículo, Vívian Oliveira Fernandes resolveu mudar de ramo. De olho no turismo rural, participou, recentemente, junto com o filho, Victor Fernandes Canabrava, do curso Empreendendo o turismo no espaço rural.

“Já participamos de vários cursos, chegando à marca de 13 em um ano. A maioria dos eventos foi na área da pecuária leiteira, mas decidimos mudar. Hoje temos gado de corte e, em janeiro, abrimos nosso rancho, que recebe famílias aos finais de semana. Por isso, nossa propriedade, Fazenda da Saudade, onde fica o Rancho Canabrava, sediou o curso”, explica Vívian.

Segundo ela, a família nunca tinha trabalhado com turismo rural. “Por isso, o curso acrescentou muito na minha vida e na vida da família. Enxergo potencialidades que não via e vejo mais, que seria interessante que propriedades do entorno se unissem para a criação de um polo turístico. Dessa forma, conseguiríamos gerar valor para nossa região. Acredito no nosso grande potencial.”

Atrações locais

Tais potencialidades foram destacadas pela instrutora credenciada ao SENAR, Fernanda Corrêa da Silva. “Hoje, eles exploram, principalmente, o restaurante e a pesca esportiva. Identificamos grande potencialidade turística na propriedade, localizada na zona norte de Juiz de Fora. Uma delas é a construção de chalés, desejo da família, o que pode trazer mais atrações para os hóspedes. Além disso, podem oferecer passeio de barco pelo Rio do Peixe, que conta com trecho completamente preservado, sem construções. Há possibilidade de observação da fauna e da flora, de modo a explorar o turismo pedagógico e o turismo ecológico. E mais, no trajeto há uma queda d’água, onde é possível promover uma parada para que o turista se refresque.”

De acordo com Fernanda, a história da família conta com um antigo barão, que explorava a produção de açúcar, que era escoado da região de trem. “Vívian e seu filho Victor contam a história com muito conhecimento, mas falta organizar. Propus, então, que criem um memorial da fazenda.” Além disso, no local foi encontrado um sítio arqueológico, com peças de índios que habitavam aquela região. Isso é muito interessante”, destaca a instrutora.

A estrada que leva à propriedade dá acesso à Serra da Saudade, também chamada de Pico da Cabeça da Formiga, por onde passam muitos amantes da natureza, potencial público do empreendimento. “Dentro da fazenda, há espaços que podem ser aproveitados com fins turísticos, como é o caso do antigo curral, que pode ser utilizado para a realização de eventos, como leilões; e o antigo chiqueiro, onde pode ser construída uma fazendinha, de modo a explorar o turismo pedagógico.”

Parcerias

Entre as possíveis parcerias que podem fazer parte do polo turístico daquela região está a Fazenda Lagoa Dourada (foto), visitada durante as aulas. “O local é muito bem cuidado, contando com horta orgânica, projeto de plantação de árvores frutíferas em ambiente de Mata Atlântica, cachoeira, entre outros atrativos”, enumera Fernanda. Outro local visitado foi um condomínio rural, onde um casal participante do curso pretende criar um ponto de venda de produtos locais.

O curso foi ministrado por meio da parceria entre o Sistema FAEMG/SENAR/INAES e oSindicato dos Produtores Rurais de Juiz de Fora, com mobilização de Andreia Aparecida Barbosa Vinha Fonseca. Assim como o plano traçado para a Fazenda da Saudade, os demais alunos do curso, que contou com oito participantes, definiram planos de viabilidade turística para seus negócios.

Últimas notícias publicadas
18/09/2020 Técnicos do ATeG participam de alinhamentos e capacitações em setembro
18/09/2020 Setembro Amarelo: em Caputira, curso de Saúde da Mulher foca na saúde mental
18/09/2020 Formação por Competência é promovido pela 1ª vez no Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba
18/09/2020 Pesquisa FAEMG: em reunião, mobilizadores buscam estratégias para ampliar trabalho
18/09/2020 SENAR MINAS revela finalistas do 1º Prêmio Nacional de Vídeos Educativos
17/09/2020 Planejamento Anual de Trabalho para 2021 é tema de reunião em Sete Lagoas
17/09/2020 ATeG Leite e Sebraetec: produtor em Eugenópolis aposta no melhoramento genético
17/09/2020 ATeG Leite: Sistema FAEMG promove encontro de apresentação em Muriaé
16/09/2020 Após atuação do SENAR, produtor comemora avanços na propriedade da família em Formoso
16/09/2020 ATeG: apicultores ribeirinhos do Norte de Minas fazem visita técnica à Coopemapi
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br