até
terça-feira, 7 de julho de 2020
Minas tem menor retração no Sudeste diante de pandemia, segundo o jornal O Estado de São Paulo

A crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus atingiu de maneira desigual os estados brasileiros, conforme reportagem d’O Estado de São Paulo. Regiões agrícolas têm sentido menos os efeitos da Covid-19 na economia. Dados do Banco Central mostram que, no Sudeste, Minas Gerais foi o estado com menor retração, de 6,41%, nos meses de março e abril. No país, a queda média chegou a 15,29%.

São Paulo, com 11,92%, e Rio de Janeiro, 11,08%, tiveram as maiores perdas na região, seguidos pelo Espírito Santo, 9,82%. Assim, a média de retração no Sudeste foi de 10,51% em março e abril.

O Centro-Oeste apresentou o melhor desempenho no país, com retração de 6,16% no período. A região é a maior produtora brasileira de itens como soja e carne, produtos cujas vendas tiveram alta durante a pandemia, puxadas, principalmente, pela demanda chinesa.

Pelos dados do banco, o estado mais pressionado na pandemia foi o Amazonas, com queda de 21,44%. O Ceará também ficou entre os mais afetados na área econômica, com retração de 15,89%.

Os números do Banco Central dizem respeito ao Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br), publicado mensalmente pela instituição. O indicador, conhecido como uma espécie de “prévia do PIB”, serve mais precisamente para avaliar o ritmo da economia ao longo dos meses.

Comentário FAEMG

“Ainda que Minas Gerais também tenha apresentado retração no indicador no período, a diversidade produtiva nos favoreceu no comparativo com outros estados. Especialmente na agropecuária, em março e abril, verificamos a finalização da colheita da safra de grãos e a intensificação de atividades e preparação para o início da colheita de café, cana e de tangerina nas regiões produtoras. O Sistema FAEMG prestou a sua contribuição recomendando,fortemente, aos produtores medidas de prevenção e agindo com articulação para a manutenção das atividades no campo e nas agroindústrias.” – Aline Veloso, coordenadora da Assessoria Técnica da FAEMG.

Últimas notícias publicadas
05/08/2020 Centro de Excelência em Cafeicultura vai gerar emprego e capacitação no Sul de Minas
05/08/2020 Certificados de estabelecimentos e produtos para alimentação animal passam a ser eletrônicos
29/07/2020 Agro foi setor que mais contratou
29/07/2020 Feijão, pulses e colheitas especiais - o futuro chegou!
23/07/2020 Brucelose - Ministério atende pedido da FAEMG
22/07/2020 Conseleite - Valores de referência - Julho
22/07/2020 Vaga para Analista Técnico em FPR
21/07/2020 Brucelose - MAPA vai responder pedido da FAEMG
21/07/2020 Mapa lança canal anônimo para denunciar venda casada no crédito agrícola
17/07/2020 Minas Gerais ainda terá vacinação contra a febre aftosa em 2021
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br