até
quinta-feira, 25 de junho de 2020
Programa ATeG chega a mais produtores na Regional de Passos
Denise Bueno, de Passos

Produtores de café, leite, peixes e queijos estão se preparando para aderir ao programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em Alfenas, Carmo do Cajuru, Ibiraci, Medeiros, Muzambinho e São Roque de Minas. Dos segmentos que serão beneficiados, a novidade é o de queijos, especialmente o Canastra. O programa é uma ação do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em parceria com os Sindicatos dos Produtores Rurais.

Segundo o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de São Roque de Minas, José Roberto de Almeida, a assistência voltada para os queijos será importante para o município. “Nossos produtores têm conhecimento, mas carecem da verdadeira gestão da queijaria e de detalhes que influenciam diretamente na obtenção de um produto final de altíssima qualidade. Por meio do Sistema FAEMG/SENAR/INAES, podemos levar até eles algo que vai impulsionar a agroindústria. Estamos ansiosos para o início do Programa e, mais ainda, pela colheita dos resultados”.

(Foto: Olhar Turístico)

Café

Em Muzambinho, região predominantemente cafeeira, a expectativa pelo início dos trabalhos é grande. O presidente do Sindicato Rural e também cafeicultor, Rodrigo de Almeida Machado, afirma que o ATeG chega no melhor momento possível. “O pequeno cafeicultor tem mais dificuldade em saber o custo de produção de uma saca de café, por isso acaba se tornando um especulador da bolsa para vender no maior preço, mas acaba por perder oportunidades de mercado e se arrisca mais. Com o ATeG, vai conhecer o preço do seu café e saber o melhor momento para vender com segurança”, destacou.

Bons resultados

De acordo com o gerente regional do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em Passos, Rodrigo de Castro Diniz, ao ampliar o conhecimento gerencial, os produtores trabalham com mais eficiência e recebem um valor justo pelo seu produto.

“O conhecimento é ampliado com o ATeG, pois o produtor consegue visualizar os impactos das suas ações, o resultado final do manejo adotado e o quanto tudo isso reflete no produto e no seu valor de mercado. Em Monte Santo de Minas, por exemplo, nesta safra, o produtor assistido pelo ATeG poderá avaliar a qualidade do café através do grau do Brix e observar o quanto tudo o que fez ao longo do ano refletiu na sua lavoura”.

Últimas notícias publicadas
10/07/2020 Técnica de terraceamento promove sustentabilidade e previne desgaste do solo
10/07/2020 SENAR abre inscrições para a 4ª edição do CNA Jovem
10/07/2020 Projeto Agro.BR realiza seminário online sobre iniciativas conjuntas com o SENAR para exportação
08/07/2020 Aposta certa: depois do Programa ATeG, produtor de morangos aumenta em 50% a colheita em um ano
08/07/2020 Terreiro suspenso dentro da lavoura leva praticidade e inovação para família de cafeicultoras
08/07/2020 Curso em Caratinga: prevenir acidentes para não virar estatística
08/07/2020 Reunião faz balanço de ações e discute desafios do AgroNordeste frente à pandemia
07/07/2020 Programa GQC revoluciona fazenda leiteira em Piedade do Rio Grande
06/07/2020 Jovem cafeicultora de Fervedouro é finalista de prêmio internacional
06/07/2020 Covid-19 não impede produtores de Caratinga de buscarem qualificação em Bovinocultura do Leite
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br