até
quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020
Curso de Plantas Aromáticas e Medicinais contribui para o resgate da vida no campo em Silveirânia
Aline Furtado, de Juiz de Fora

O município de Silveirânia, na Zona da Mata mineira, recebeu o curso Trabalhador da cultura de plantas aromáticas e medicinais / Cultivo orgânico, resultado da parceria do Sistema Faemg / Senar Minas com o Sindicato dos Produtores Rurais de Rio Pomba.

“Foi um curso maravilhoso, com uma instrutora excelente, muito carismática, demonstrando muito carinho e cuidado com os participantes”, aponta a mobilizadora Paula Ferreira Mendes da Costa, referindo-se à instrutora credenciada ao Senar Minas, Alice Arcocha Teixeira.

De acordo com Paula, o curso teve um diferencial: a maior parte dos participantes tem mais de 50 anos. “O curso contou com um produtor rural e familiares de produtores rurais, que vieram para a cidade após morarem uma vida inteira na roça. Com o tempo livre, acabaram criando, em agosto de 2019, a Horta Comunitária, que fica nos fundos da escola municipal. Lá, cultivam plantas medicinais, verduras e legumes, que são destinados à população. Eles enxergaram na horta a possibilidade de resgatar o que faziam na roça. Assim, o curso veio incentivar esse resgate.”

Durante o evento, de 40 horas-aula, os participantes receberam informações sobre o preparo da terra, indo até o beneficiamento, trabalhando a identificação de plantas medicinais, aromáticas e condimentares; seleção e preparo do local de produção; preparo de insumos orgânicos; plantio; tratos culturais como adubação, irrigação, capinas; controle de pragas e doenças; tutoramento, podas, colheita, secagem, armazenamento e comercialização; noções básicas sobre formulação de fitoterápicos e legislação.

“É um prazer muito grande trabalhar com o Senar Minas e com sua diversidade de participantes e situações. Sempre aprendo muito! Essa turma, em particular, foi um grande estímulo para começar o trabalho em 2020. São pessoas que, como muitos participantes, já tiveram experiências com as plantas medicinais e com o treinamento, puderam validar seus conhecimentos, quebrar alguns conceitos limitantes e crescerem o olhar para as plantas que nascem ao nosso redor e que às vezes ficam esquecidas. Por terem uma característica peculiar, de fazerem parte de um grupo de horta comunitária, trazem com eles uma aspiração de passar esse conhecimento para outras pessoas para que a ideia de saúde e bem-estar se multiplique, o que, para mim, foi o que muito marcou. Não pensam apenas no benefício próprio. Foi um prazer trabalhar com eles e espero ter podido somar nesta aspiração e prática, de um mundo mais saudável e mais solidário”, destaca a instrutora Alice.

A Horta Comunitária foi idealizada pela assistente social do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) de Silveirânia, Luana Aparecida de Souza Mota, que também participou do curso. “Foi muito bom ter participado do treinamento. Estamos em fase de preparação do terreno, para começar a plantar em março. Nosso objetivo é distribuir o que for colhido para a escola e para o CRAS. Assim, merendas e lanches serão produzidos com alimentos saudáveis.” Luana afirma que a turma já está ansiosa pelo próximo curso, de Horta Caseira, que deve ser em maio.

Dona Chiquinha

Francisca Altina da Silva Oliveira, mais conhecida como dona Chiquinha, aos 85 anos, foi um dos destaques no curso, sendo ela a participante mais idosa. Falando da experiência com muito carinho, dona Chiquinha afirma que ainda quer aprender muito. “Gostei muito. Aprendi bastante e desejo aprender mais ainda. Mesmo com 85 anos, não conhecia muitos chás medicinais. Também gostei muito da instrutora Alice, muito linda e carinhosa. Pena que ela não ficou com a gente pelo menos um mês.”

Confira no vídeo:

Últimas notícias publicadas
02/04/2020 Turismo Rural: Para ajudar empreendedores, instrutora grava vídeo com dicas para se reinventar na quarentena
02/04/2020 Laticinista de Maripá de Minas destaca a importância do SENAR para a expansão do seu negócio
02/04/2020 Produtores rurais apostam no delivery em Divinópolis
01/04/2020 SENAR MINAS capacita moradores de Uruana de Minas para o turismo rural
01/04/2020 Agricultores familiares de Passa Vinte diversificam atividade rural com ajuda de cursos do SENAR
01/04/2020 Produtores de morango de Datas ajustam técnicas com Programa de Agricultura Irrigada
31/03/2020 Produtores rurais do Norte de Minas se preocupam com fechamento do comércio por mais tempo
31/03/2020 Vale do Jequitinhonha recebe mais de 220 cursos do SENAR em três meses
31/03/2020 Orgulho: Casal faz quadro e emoldura certificados de treinamentos do SENAR
31/03/2020 "Flores da Terra": Curso do SENAR leva resgate cultural e financeiro a comunidade de Turmalina
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br