até
quarta-feira, 14 de agosto de 2019
Mais de 140 novos profissionais no mercado de casqueamento e ferrageamento
Cecília Oliveira, de Montes Claros

A saúde física e mental dos cavalos depende da sua movimentação, além da sua funcionalidade tanto no trabalho quanto nos esportes e lazer.  Segundo o zootecnista e instrutor João Luís da Silveira, adquirir conhecimentos básicos sobre a podologia dos equinos é algo essencial para todas as pessoas que trabalham com esses animais.

“A equitação, doma, cavalgada, vaquejadas, team penning, dentre outros esportes, cresce anualmente no Brasil e existe uma grande carência de profissionais para cuidar dos animais, sendo a capacitação de mão de obra de Casqueamento e Ferrageamento uma atividade promissora para todas as pessoas que resolverem trabalhar nesta atividade”, conta o instrutor.

Para atender o mercado no Norte de Minas, o Sistema Faemg/Senar Minas realizou, só este ano, 12 treinamentos de Casqueamento e Ferrageamento de Equínos em parceria com os Sindicatos de Brasília de Minas, Jaíba e Matias Cardoso, Montes Claros e São João das Missões com a capacitação de 144 profissionais.

Os equinos desgastam naturalmente seus cascos, conforme mudam de ambiente durante a busca por alimento. Os que permanecem longos períodos em cocheiras ou pastos, que realizam atividades esportivas e de trabalho, necessitam da intervenção humana para correção e manutenção da integridade dessa estrutura.

O casqueamento e o ferrageamento são atividades importantes para garantir a saúde e funcionalidade dos cascos, além de prevenir problemas que podem comprometer a saúde e, por consequência, o desempenho geral do equino. Usado muito entre os ferradores, o ditado "Sem pé, sem cavalo", representa bem a importância do ferrageamento.

Ainda segundo o instrutor João Luís da Silveira, os cascos de um cavalo sofrem inúmeras influencias externas como clima, tipo de piso, atividade equestre, além de fatores como alimentação e possíveis enfermidades. O casqueamento consiste na limpeza e aparação das partes crescidas, trabalho que deve ser realizado periodicamente e com equipamentos destinados a esse fim.

É muito importante que o casqueamento seja feito por um profissional qualificado que conheça as estruturas básicas do sistema locomotor dos equinos e que, a partir desse conhecimento, possa corrigir falhas estruturais e de crescimento dos cascos. Aliado ao casqueamento, a colocação da ferradura garante a proteção não apenas contra o desgaste contínuo do casco, mas a proteção de todo o sistema locomotor durante a realização das atividades.

Dentro do ferrageamento, um dos pontos mais importantes está na aparação dos cascos. A prioridade é manter um casco funcional, onde todas as estruturas responsáveis pela sustentação do peso e absorção do impacto são mantidas intactas, sendo retirados apenas os excessos. Isso proporciona ao equídeo um equilíbrio estático e dinâmico de seus membros.

O produtor rural Teodoro Ramos Neto, que tem um sítio no município de Campo Azul, onde há cinco anos trabalha com doma e rédea de cavalos Mangalarga, agora está fazendo o casqueamento e ferrageamento dos próprios animais, ofício que aprendeu nos cursos do Sistema Faemg/Senar Minas em Brasília de Minas. O produtor conta que apenas 15 dias depois de fazer o curso de Casqueamento e Ferrageamento já arrumou clientela. “Só na última semana já fiz casqueamento em 10 cavalos”, disse.

Ele está muito satisfeito com os cursos, e agradece o Sistema Faemg/Senar Minas pela oportunidade. Teodoro acredita que vai ter muito serviço, pois em Campo Azul e redondezas tem muitos cavalos. "Temos vaquejadas, cavalgadas, copas de marchas e outros esportes por aqui, que só vêm crescendo. E com isso cresce também a demanda de trabalho”, avalia.

Últimas notícias publicadas
14/08/2019 Inhapim recebe Saulo Laranjeira e o Programa Família na Praça, neste domingo (18)
14/08/2019 Cafeicultores de Inhapim buscam aumento de produção e crescimento econômico em GQC
14/08/2019 Pais e alunos de escola em Carmo do Paranaíba agradecem por cursos sobre adolescência
14/08/2019 Mais de 140 novos profissionais no mercado de casqueamento e ferrageamento
14/08/2019 SENAR MINAS treina instrutores de mecanização em novas colheitadeiras
13/08/2019 Derivados do Leite: Grupo conclui curso de Produtos Especiais em Lima Duarte
12/08/2019 Programa ATeG Agroindústria inicia capacitação de instrutores em BH
12/08/2019 SENAR MINAS recebe a visita de gestores do SENAR de Sergipe
12/08/2019 TV 3 Fronteiras mostra a capacitação de pescadores em Nanuque, por meio de curso do SENAR MINAS
12/08/2019 Jovens são preparados para Bovinocultura de Leite, Cafeicultura e Suinocultura
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
Fax: (31) 3074-3075
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: asind@faemg.org.br