até
quinta-feira, 11 de julho de 2019
Jovem no Campo chega as cidades de Conceição do Rio Verde e Santo Antônio do Amparo
Lisa Fávaro, de Lavras

Alunos, professores e direção da Escola Estadual Nilton Ferreira Paiva, de Santo Antônio do Amparo, no Sul de Minas, receberam recentemente orientações sobre o programa Jovem no Campo, do Sistema Faemg / Senar Minas.

A palestra de orientação e sensibilização do programa foi ministrada pelo gerente regional de Lavras Wander Magalhães, e ocorreu na sede da escola, em Santo Antônio do Amparo. “Tudo indica que teremos duas turmas de jovens participantes. Foi apresentado para o grupo o conteúdo da cadeia produtiva do cogumelo”, diz Wander.

Apresentação para a turma de Santo Antônio do Amparo - de pé, o gerente Wander Magalhães

O programa atenderá jovens entre 15 e 24 anos. Em Santo Antônio do Amparo, a turma fará o curso Produção de Cogumelo. De acordo com informações do mobilizador do Sindicato dos Produtores Rurais de Santo Antônio do Amparo, Heloizio, essa ideia surgiu com uma professora de biologia da escola, que queria. trabalhar com os alunos a produção de cogumelo. Ela entrou em contato com um instrutor do Senar, que é produtor em Carrancas. Foi durante a conversa que surgiu a ideia de procurar a assessoria pedagógica do Senar Minas, em Belo Horizonte, que orientou a realização do Programa Jovem no Campo para os alunos do município.

“A intenção era realizar um curso de curta duração. Mas o instrutor Gil achou melhor apresentar a demanda para a assessoria pedagógica, que logo apresentou o programa Jovem no Campo como uma opção de capacitação mais direcionada e com um tempo mais longo”, conta o mobilizador.

A previsão de início do curso é de no máximo dois meses. Os jovens serão divididos em duas turmas (manhã e tarde). Eles irão receber material didático, kit do programa e muito conhecimento.

Novos aprendizados

No início desta semana alunos da Escola Estadual Dom Othon Motta (ao lado), de Conceição do Rio Verde, iniciaram no programa. O curso será na área de equideocultura e abrangerá os temas: empreendedorismo motivacional; manejo e alimentação; equitação; doma racional de equídeos; casqueamento e ferrageamento; preparação e apresentação de animais em pista e finaliza com empreendedorismo.

O programa, que iniciou agora, tem previsão para terminar em novembro de 2019. Segundo o mobilizador Flávio Lúcio de Almeida Carneiro, as aulas práticas acontecerão no Haras Du Paim, de propriedade do senhor Guilherme Paim, localizado no distrito de Águas de Contendas e no Haras AVM, do senhor Aluízio Vieira de Mello, localizado às margens da BR 267, no bairro Barranco Alto, município de Conceição do Rio Verde. O transporte dos alunos está sendo feito pela Prefeitura Municipal.

Depoimentos dos jovens

“A expectativa é me tornar um bom profissional e poder ter uma renda nessa área. Me identifico e tenho uma ligação com os equídeos desde criança e busco ter um bom aperfeiçoamento das atividades desenvolvidas”. (Gabriel Vitor Guimarães Maia, 15 anos)

“Quero ampliar meus conhecimentos, inovar com as técnicas executadas nos treinamentos e abrir portas para trabalhos na área, já que há mais de 4 anos desenvolvo atividades no Haras Du Paim”. (Carlos Rian Silva Santos, de 17 anos)

“Pretendo aprender junto com os demais colegas, que com o passar das experiências possa me tornar um bom profissional; e que essa atividade me ajude a conquistar um futuro emprego. Eu já lido com cavalos desde os 5 anos de idade, e tenho muito afeto por animais. Espero que o curso me auxilie no dia a dia e para um futuro emprego”. (Diogo Pedro Martins, 16 anos)

“Meu desejo é aprimorar alguns conhecimentos a mais daqueles que sei, pois já tenho algumas funções na área como montaria e o básico do casqueamento. Tenho primos que trabalham na área e eu sempre ficava no sítio com minha tia para aprender as funções e atividades com equídeos”. (Bruna Aparecida Silva, 24 anos).

Últimas notícias publicadas
21/02/2020 Sistema FAEMG / SENAR MINAS e Embrapa discutem novo acordo de cooperação e programação da SIT 2020
21/02/2020 GQC: cafeicultores apostam na gestão para alavancar o negócio rural
21/02/2020 Cursos ensinam produtores do Sul de Minas a fabricarem queijos básicos e especiais
21/02/2020 Moradores de Brasópolis passam por curso de Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros
21/02/2020 Regional de Passos realiza reuniões sobre o Programa ATeG
21/02/2020 Criatividade: Instrutor cria sistema com garrafa pet para manter mudas sempre irrigadas
20/02/2020 Negócio Certo Rural levará orientações e consultorias para produtores de café de Divino
20/02/2020 Programa ATeG: Encontros definem novas diretrizes de trabalho na Regional de Montes Claros
20/02/2020 Curso A Arte de Ser Adolescente agrada jovens em Itaobim
20/02/2020 Programa ATeG: Produtores de leite se reúnem em Araçuaí
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br