até
segunda-feira, 17 de dezembro de 2018
Regional de Lavras faz seu primeiro curso de Análise Sensorial e Classificação de Cachaça
Lisa Fávaro, de Lavras

Depois de dois treinamentos na região central de Minas, agora foi a vez do Sul, em Campo Belo, receber o curso de Análise Sensorial e Classificação de Cachaça do Senar Minas. Segundo a presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Campo Belo, Denise Cássia Garcia, o curso era uma demanda antiga dos produtores e apreciadores da bebida. “Um grupo de produtores fez no primeiro semestre deste ano o de produção da cachaça e queria muito participar desse de análise da bebida. Foi então que o Senar disponibilizou e agendamos. E tem sido um sucesso”.

A presidente do sindicato também fez o curso. “Nunca tinha bebido uma cachaça. No curso adquiri conhecimento necessário para saber diferenciar uma cachaça boa de uma ruim”, conta Denise.

O curso foi na sede do Sistema Nacional de Emprego – Sine, ministrado pelo instrutor Humberto Candeias Cavalcante. Segundo o profissional, o curso leva até o produtor e apreciadores da cachaça noções básicas de como analisar a bebida, o seu aroma, sabor e aprender a identificar cada uma conforme a descrição. “Esse é o terceiro curso realizado em Minas Gerais. O objetivo é levar até o produtor informações necessárias para que ele possa obter um produto de melhor qualidade e ampliar o mercado de vendas”.

Durante o treinamento são feitas várias análises: de rótulo, testes sensoriais e degustação para identificar o sabor e aroma da bebida. O aluno conhece a história da cachaça no Brasil e no mundo e, principalmente aprende a diferenciar a bebida que fica armazenada nos diferentes tipos de madeiras (Bálsamo, na Castanheira do Pará, no Carvalho, na Amburana, no Amendoim e Jequitibá). No curso é feita análise da qualidade, testes afetivos, comparativos e discriminatórios e, por fim, a descrição de cada cachaça.

Cristiane Alvarenga Fidelis é proprietária da famosa Cachaça João Mendes. Segundo a produtora, sempre é preciso buscar mais conhecimento. “A cachaça não é simplesmente produzir, é preciso aprofundar mais. Tem a quantidade de tempo no barril, aroma, sabores, enfim, o curso traz muito conhecimento que irá somar positivamente na nossa produção”. A cachaça João Mendes tem 35 anos de história. A produção fica no Retiro dos Pimentas, zona rural de Perdões.

O produtor e aluno do curso, Roger Carvalho Garcia, ajuda o pai José Cosme Garcia na produção da Cachaça JC. São 10 anos na atividade. A propriedade São José, onde é fabricada a cachaça, fica na zona rural de Cana Verde. Segundo Roger a produção diária é de 350 litros. “Estamos buscando profissionalizar o nosso produto. E o curso oferece conhecimento necessário, principalmente para a comercialização”. Roger, que é formado em sistemas de informação, há um ano deixou a profissão para ajudar a família. “Deixei de atuar na minha área para trabalhar com o meu pai na atividade agrícola. O ramo é tão bom e gostoso de trabalhar que, além de ser prazeroso, ainda fico mais próximo dos meus pais”.

O curso em Campo Belo foi oferecido pelo Senar Minas em parceria com a Associação Nacional de Produtores de Cachaça de Qualidade (ANPAQ) e o apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de Campo Belo.

Últimas notícias publicadas
21/02/2020 Sistema FAEMG / SENAR MINAS e Embrapa discutem novo acordo de cooperação e programação da SIT 2020
21/02/2020 GQC: cafeicultores apostam na gestão para alavancar o negócio rural
21/02/2020 Cursos ensinam produtores do Sul de Minas a fabricarem queijos básicos e especiais
21/02/2020 Moradores de Brasópolis passam por curso de Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros
21/02/2020 Regional de Passos realiza reuniões sobre o Programa ATeG
21/02/2020 Criatividade: Instrutor cria sistema com garrafa pet para manter mudas sempre irrigadas
20/02/2020 Negócio Certo Rural levará orientações e consultorias para produtores de café de Divino
20/02/2020 Programa ATeG: Encontros definem novas diretrizes de trabalho na Regional de Montes Claros
20/02/2020 Curso A Arte de Ser Adolescente agrada jovens em Itaobim
20/02/2020 Programa ATeG: Produtores de leite se reúnem em Araçuaí
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br