até
terça-feira, 13 de março de 2018
BVRio e CDP publicam versão chinesa do “Guia prático para a análise do atendimento ao Código Florestal”
BVRio

O guia tem como objetivo de ajudar os compradores chineses de commodities florestais e agrícolas a verificarem o atendimento ao Código Florestal brasileiro nas suas cadeias de suprimento

BVRio e CDP publicaram a versão chinesa do “Guia prático para a análise do atendimento ao Código Florestal”. O guia tem como objetivo de ajudar os compradores chineses de commodities florestais e agrícolas a verificarem o atendimento ao Código Florestal brasileiro nas suas cadeias de suprimento. A versão original do guia foi desenvolvida por BVRio, Proforest e IPAM, sob a égide do Observatório do Código Florestal. A versão chinesa foi traduzida por BVRio e CDP, com apoio de NORAD.
 
O Código Florestal Brasileiro (Lei 12651/2012) é uma ferramenta essencial para assegurar agronegócios de alto padrão e para alcançar o desenvolvimento sustentável no Brasil. Estabelece critérios para uso do solo e conservação da vegetação nativa em propriedades rurais. Por exemplo, um dos requisitos criados pelo Código Florestal Brasileiro é que todas as propriedades rurais no país mantêm uma certa quantidade de terra sob vegetação nativa – chamada Reserva Legal – que pode chegar até 80 % da terra na região amazônica. A aplicação desta lei criaria um dos mecanismos domésticos mais poderosos para evitar o desmatamento e proteger as florestas naturais.
 
Os mercados de commodities agropecuárias e florestais brasileiras têm um papel fundamental na implementação da legislação ambiental brasileira, e por conseguinte, na redução do desmatamento. Ao exigir conformidade ambiental aos produtores de commodities, o setor privado pode fornecer um forte impulso para a transição dos setores florestal e agrícola no sentido da sustentabilidade e da legalidade. Além disso, exigir o cumprimento da lei da parte dos seus fornecedores permitirá aos compradores chineses de demonstrar que os seus produtos derivam de fontes agrícolas sustentáveis e que não contribuem, por exemplo, ao desmatamento no Brasil. Com esse objectivo, o guia apresenta os instrumentos disponíveis para exigir o cumprimento do Código Florestal nas cadeias de suprimento.

Últimas notícias publicadas
17/10/2018 CNA avança nas discussões sobre renegociação de dívidas rurais com BNDES
17/10/2018 CNA desenvolve sistema de rastreabilidade vegetal
17/10/2018 Prazo do Refis do Funrural
11/10/2018 Fundesa
09/10/2018 Fruticultura em debate
09/10/2018 Senar e Sesc discutem parcerias
09/10/2018 CNA realiza diagnóstico da safra de café 2018
09/10/2018 Café da Semana: Começa roteiro pelas cafeterias de Belo Horizonte
08/10/2018 Queijo d’Alagoa-MG: Empreendimento de sucesso contribui com desenvolvimento local de Alagoa, em Minas Gerais
05/10/2018 Comissão de Café
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
Fax: (31) 3074-3075
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: asind@faemg.org.br