Administração do Consórcio Simplificado

Como visto, para administrar a mão-de-obra registrada na matrícula CEI coletiva, os produtores contratam um GERENTE OU ADMINISTRADOR, pessoa de confiança de todos eles, que será o encarregado de organizar e distribuir os trabalhadores para as diversas tarefas em cada propriedade rural, de acordo com as demandas de cada integrante do Consórcio Simplificado, bem como das tarefas de registro, elaboração de folhas de pagamento, centralização de documentos à disposição da fiscalização etc...

Este gerente racionaliza o trabalho, faz o rateio dos custos dos encargos sociais de acordo com o tempo em que cada trabalhador ficou à disposição de cada produtor rural.

Para administrar o Consórcio Simplificado, o gerente ou administrador funciona como o chefe de um Departamento Pessoal (DP), comum ao grupo de produtores que o compõe. Será necessário assim, que se destine uma sede onde o Consórcio Simplificado funcionará e que sejam contratados empregados para executar as diversas rotinas de um DP. O número de empregados necessários para auxiliar na administração do Consórcio Simplificado dependerá do seu grau de informatização e tamanho, ou seja, do número de produtores que o compõe e da média de trabalhadores que serão necessários nas lavouras ao longo do ano.

O Consórcio Simplificado deverá, também, contratar empregados para auxiliar na parte operacional de controle de produção e distribuição de empregados pelas diversas propriedades, supervisão dos serviços prestados nas diversas frentes de trabalho, controle de presença e outras funções que os condôminos julguem necessárias.

Outro requisito importante para o bom desempenho do Consórcio Simplificado é a elaboração de uma contabilidade minuciosa, que proporcione aos seus integrantes transparência de todas as suas receitas e despesas. Além do controle global do grupo, deve ser feito os registros individualizados, ou seja, cada produtor rural deverá ter as suas despesas discriminadas individualmente, devendo o gerente do Consórcio Simplificado prestar-lhe conta, ao final de um determinado período, conforme definido pelo grupo.

Por último, observa-se que o gerente Consórcio Simplificado de Produtores Rurais deve racionalizar a prestação de serviços, com escalonamento de colheitas entre as diversas culturas e adequando a melhor forma de contratação, se através de contrato por prazo indeterminado ou determinado (safrista).

FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
Fax: (31) 3074-3075
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
Fax: (31) 3074-3030
E-mail: asind@faemg.org.br